Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

05/10/2006 20:06

Senadora chora em depoimento e nega participação

Iolando Lourenço/ABr

Brasília - A senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) negou hoje (5), em depoimento ao Conselho de Ética do Senado, qualquer envolvimento com o esquema de compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento. Ela também afirmou que nunca teve contato com os empresários Darci e Luiz Antonio Vedoin, donos da Planam, empresa acusada de comandar a fraude.

“Até a explosão do escândalo da máfia dos sanguessugas, eu nunca tinha ouvido falar dos Vedoin e da empresa Planam”, disse a senadora.

Em pouco mais de duas horas de depoimento, Serys garantiu que é inocente e nunca participou de esquema ilegal. “Todos sabem que eu não me envolveria em qualquer tipo de corrupção. Abomino qualquer tipo de corrupção, mas principalmente com dinheiro público. O dinheiro público é sagrado”.

A senadora, que chegou a chorar, disse que é muito difícil fazer uma defesa porque não há prova de seu envolvimento com o esquema. “As denúncias contra mim são acusações sem provas. Todos os citados no caso são unânimes em dizer que eu não tenho nada com a história”.

Ela acrescentou: “O próprio Luiz Antonio Vedoin disse que não sabia se eu tinha qualquer tipo de envolvimento. Disse também que o Paulo Roberto Ribeiro [genro dela] nunca disse que estava a serviço da senadora".

“Prefiro que me tire a vida, mas não me tire a dignidade”, declarou Serys. Ela garantiu aos conselheiros que sua família nunca se envolveu em sua vida política. Em depoimentos, Luiz Antonio Vedoin acusou o genro da senadora e disse que pagou a ele R$ 35 mil em troca da apresentação de emendas pela senadora para a compra de ambulâncias que acabariam por beneficiar a empresa Planam. “Acredito que é possível os Vedoin terem usado o Paulo Roberto para tentar me envolver no esquema”.

De acordo com a senadora, seu nome pode ter sido envolvido no esquema por causa de sua “atuação firme” no combate a qualquer tipo de corrupção.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)