Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/04/2004 09:38

Senador lembra Tiradentes e Tancredo Neves

Agência Senado

Ao registrar os 212 anos da morte de Tiradentes, neste 21 de abril, o senador Hélio Costa (PMDB-MG) disse lembrar da data de uma forma melancólica, porque também marca o falecimento do ex-presidente Tancredo Neves. O parlamentar lembrou a participação ativa de Tancredo na campanha pelas volta das eleições diretas para a Presidência da República, que está completando 20 anos neste mês, e acrescentou que a luta de Tiradentes ainda é atual, ao relacionar a dívida de Minas Gerais com o governo federal e a obrigação que os mineiros tinham de enviar ouro a Portugal.

Citando o historiador Gerson Brasil, o senador recordou que, em 1788, o visconde de Barbacena chegou a Vila Rica (hoje Ouro Preto) com ordens expressas para aplicar o alvará de dezembro de 1750, segundo o qual Minas precisava pagar cem arrobas ou 1.500 quilos de ouro por ano para a Coroa. Caso não fosse atingida a meta estabelecida, seria feita a derrama, um imposto extra cobrado de toda a população até que o montante de cem arrobas fosse recolhido.

Hoje, 212 anos depois, Minas Gerais continua a ser reprimida pela obrigação de enviar seus recursos ao governo central, disse o senador ao se referir à remessa de 13% de tudo o que o estado arrecada para pagar sua dívida com o governo federal, contraída por inúmeros governadores anteriores a 1989. De acordo com Hélio Costa, essa dívida soma hoje R$ 35 bilhões, impossibilitando que o estado invista em educação, saúde e infra-estrutura.

- Essa é a derrama moderna, que impede o nosso estado, mais uma vez, de poder fazer as obras necessárias - afirmou.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)