Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

24/03/2015 17:09

Senado analisa auxílio financeiro a estados e municípios

Ag~encia CNM

Dois Projetos de Lei do Senado (PLS) – em tramitação – dispõem sobre a prestação de auxílio financeiro pela União aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios para Fomento das Exportações, relativos ao exercício de 2014 e 2015.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) apoia os textos dos PLS 136/2015 e 137/2015. Se forem aprovados, ele promoverão a liberação de R$ 1,9 bilhão, cada um deles.

A CNM declara apoio aos projetos, uma vez que defende a entrada emergencial desse verba nos cofres municipais. Segundo esclarecimento da entidade, desde 2004, os Municípios recebem o recurso denominado Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).

Até 2012, a transferência teve rubrica exclusiva incluída na respectiva Lei Orçamentária Anual (LOA), e a liberação sempre ocorreu por intermédio de Medida Provisória ou Lei Ordinária.

Em 2013, a previsão orçamentária não ocorreu, mas a verba foi liberada por meio da Medida Provisória 629/2013 – publicada em dezembro – e o crédito foi realizado dia 17 de janeiro de 2014.

Na LOA de 2014, a transferência não foi prevista, novamente. Mas, diferente do que ocorreu em 2013, nenhum ato legal foi emitido para liberar os recursos do FEX aos Municípios, o que provocou a não entrega do recurso aos entes.

O não repasse da verba, e a demora para publicação de atos legais que estabeleçam a liberação, prejudicam os entes federados, uma vez que há em seus orçamentos a previsão de entrada da receita. Segundo dados da Confederação, mais de R$ 487,5 milhões deixarão de entrar nos cofres municipais.

Diante desse histórico, a Confederação trabalha para acabar com a casualidade conferida a esse auxílio que prejudica a gestão financeira dos Municípios.

Neste ano, a entidade pretende articular junto ao Congresso Nacional para garantir que esse recurso entre nos cofres municipais.

Além de apoiar os projetos. A CNM convoca os gestores municipais a contatarem seus senadores para que os projetos tramitem em regime de urgência, e sejam aprovados o mais rápido possível.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)