Cassilândia, Quinta-feira, 04 de Junho de 2020

Últimas Notícias

08/04/2020 16:00

Semagro elabora Nota Técnica com medidas para funcionamento das feiras livres

Jovem Sul News
Feira do Produtor de CassilândiaFeira do Produtor de Cassilândia

Uma Nota Técnica com recomendações para o funcionamento seguro das Feiras Livres e dos locais de comercialização de produtos agropecuários em Mato Grosso do Sul foi elaborada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), juntamente com a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) para sugerir aos prefeitos e secretários municipais, parâmetros e procedimentos que garantam segurança à população nestes locais.

O material foi elaborado com a preocupação da necessidade de manter o abastecimento, reduzindo os impactos na saúde pública durante a pandemia do Covid-19. O funcionamento deste tipo de comércio em locais fechados, a proibição do trabalho de feirantes enquadrados no “grupo de risco” para o coronavírus, que apresentem sintomas ou tenham tido contato direto com pessoas gripadas ou suspeitas de portarem o vírus, é destacada na Nota Técnica.

A Nota traz ainda orientações para que os produtos sejam embalados e as barracas higienizadas, sugere a proibição do consumo de mates (tereré, chimarrão), uso de narguile, trata da disponibilização de pias e banheiros móveis e orienta que haja uma pessoa para manipular os recebimentos e os trocos (dinheiro) e outra para manipulação dos produtos.

Entre as recomendações amplamente divulgadas, a Nota reforça a importância de manter distância mínima de 3 metros entre as barracas, que sejam evitados anúncios verbais para atração de clientes, que seja interrompida a venda de alimentos preparados para consumo no local e que a feira tenha sentido único de trânsito.

Além de sugerir que as feiras sejam realizadas de forma alternada nos bairros – para evitar que muitos moradores saiam no mesmo dia para as compras – e não excedam cinco horas de funcionamento, a Nota traz orientação aos transportadores, seja produtor ou varejista, para que sigam as normas de prevenção quando se deslocarem para as propriedades rurais, Ceasas ou atacados.

Publicidade
Segundo o secretário Jaime Verruck, titular da Semagro, nesse momento, as feiras livres deixam de ter um caráter cultural, para ter única e exclusivamente a finalidade de promover o abastecimento e o escoamento da produção.

Segundo explicou o Secretário, a Prefeitura Municipal deverá fiscalizar o cumprimento dos itens propostos e auxiliar as orientações de prevenção de transmissão do vírus juntos as pessoas que estiverem nesses espaços. “Nos vimos na obrigação de contribuir para ajudar a assegurar a manutenção dessas atividades, tão essenciais ao bem-estar e tranquilidade da população”.

A Nota Técnica é direcionada também a hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, padarias, quitandas, feiras livres, centrais de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, de água mineral, incluindo os alimentos para animais, e ainda as empresas que dão suporte às atividades produtivas animal e vegetal. Na lista estão ainda aqueles que se enquadram como essenciais, tais como: transportadoras em geral, peças de tratores e implementos, combustíveis, fertilizantes, inspeção e defesa agropecuária, defensivos, sementes, mudas, ração, alevinos, pintainhos, cevados, embalagens, entre outros semelhantes. A Nota diz que deve ser oferecido tratamento especial aos mecanismos de comercialização dos Agricultores Familiares, que são as Feiras Livres e os Programas de apoio à comercialização de produtos oriundos da Agricultura Familiar (PNAE, PAA).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 04 de Junho de 2020
Quarta, 03 de Junho de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)