Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

29/01/2008 12:49

Sem Orçamento, TSE repassa parcela mínima aos partidos

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) repassou aos partidos políticos a primeira parcela do Fundo Partidário de 2008 correspondente ao duodécimo (1/12) do orçamento previsto para cada agremiação tendo por base os valores do ano passado. A transferência será feita nessa sistemática até que deputados e senadores aprovem o Orçamento Geral da União deste ano.

A distribuição dos recursos é feita obedecendo ao tamanho da bancada de deputados federais de cada partido, conforme estabelecido pela Lei 11.459/2007. Com isso, o PT leva a maior fatia do fundo. Em seguida vem o PMDB, o PSDB e O DEM. Juntos, estes quatro partidos ficam com mais da metade (52,1%) dos recursos utilizados para financiar os 27 partidos registrados no TSE. O PCO (Partido da Causa Operária) e o PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados) não vão receber nada da cota de janeiro por estarem inadimplentes com a Justiça Eleitoral.

O projeto do Orçamento da União em tramitação no Congresso Nacional prevê R$ 194,3 milhões para os partidos políticos, dos quais R$ 135,614 milhões em recursos da própria União e R$ 58,20 milhões provenientes da arrecadação de multas eleitorais.

Os R$ 135,614 milhões do Fundo Partidário em 2008 foram estimados com base no eleitorado e no custo por eleitor. Segundo dados do último cadastro eleitoral, fechado em 31 de abril de 2007, o Brasil tem 126 milhões 980 mil 320 eleitores. O custo por eleitor é de R$ 1,0680.




TSE

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
Sexta, 25 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)