Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/12/2008 07:27

Sem Martinez e Alex Mineiro, Palmeiras luta por vaga

Talita de Moraes, FPF

Com o mesmo esquema tático usado para a última partida, contra o Vitória (BA) no último domingo, o Palmeiras vai encarar o Botafogo (RJ), no Palestra Itália, pela última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, disposto a não vacilar no sistema defensivo e explorar a velocidade nos contra-ataques, para tentar uma vaga no G4 e garantir a participação na Copa Libertadores para o próximo ano. Mas o clube não depende só do próprio resultado. As partidas do Cruzeiro (MG) e do Flamengo (RJ) também serão importantes para a definição das duas vagas para a competição internacional em 2009.



Para o atacante Denílson, a conquista da vaga é de extrema importância, já que o elenco mostrou-se desmotivado após perder as chances da conquista do título. "Nosso objetivo desde o início deste ano era conquistar um título e colocar o Palmeiras entre os melhores do País. Neste Campeonato Brasileiro, a partir do instante em que ficamos na liderança, criamos a expectativa de ser campeões e nos decepcionamos muito. Acho que a última impressão é a que fica, e a vaga para a Copa Libertadores vai fazer com que o ano termine bem", avaliou.



O atacante ignora a comparação com 2007, quando o time perdeu a vaga para a competição na última rodada do Campeonato Brasileiro. "Muita coisa mudou desde o ano passado, incluindo a equipe e o treinador. Apesar de não estarmos mais brigando pelo título, nosso grupo tem atitude e todos estão focados num mesmo ideal. Aprendemos a lição com a eliminação no último ano e agora vamos entrar em campo para vencer", declarou. "O Botafogo certamente vai querer dar o seu melhor. Por isso temos que trabalhar bastante essa semana e pensar em fazer uma grande partida, talvez a melhor deste ano", completou.



O adversário, Botafogo, passa por uma fase difícil nesta reta final do Campeonato Brasileiro, com uma debandada de atletas do clube e a tentativa desesperada da diretoria de conseguir bons resultados para manter os ídolos na equipe. Mas para Denílson, a situação delicada não pode influenciar a partida. "O primeiro objetivo é vencer. Independente da situação do Botafogo, nós temos que fazer desse jogo uma decisão. Disputar uma Copa Libertadores representa estar na elite do futebol e nós não queremos ficar fora, até porque já nos decepcionamos com a perda do título", reforçou.



O jogador ainda reforçou que o jogo promete ser difícil e que, mesmo com a posição confortável no meio da tabela, o adversário pode complicar a busca pelos objetivos do Palmeiras. "Não existe mais moleza no futebol, a partida não está ganha. Todo jogo é difícil e nós vamos entrar em campo respeitando o Botafogo. Não é porque eles não têm mais nada na competição que podemos considerar o jogo vencido. É preciso muita seriedade", concluiu o atacante, que ficará fora de campo na partida final da competição.



Ficha Técnica



Palmeiras: Marcos; Gustavo, Jeci e Maurício; Fabinho Capixaba, Pierre, Sandro Silva, Evandro, Diego Souza e Leandro; Kléber.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.



Botafogo: Escalação não divulgada.

Técnico: Ney Franco.



Arbitragem: Heber Roberto Lopes (PR/FIFA); Roberto Braatz (PR/FIFA) e Gilson Bento Coutinho (PR)

Local: estádio Palestra Itália, em São Paulo.

Data e horário: 07 de dezembro, às 17h.


, especial para o site da FPF



Com o mesmo esquema tático usado para a última partida, contra o Vitória (BA) no último domingo, o Palmeiras vai encarar o Botafogo (RJ), no Palestra Itália, pela última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, disposto a não vacilar no sistema defensivo e explorar a velocidade nos contra-ataques, para tentar uma vaga no G4 e garantir a participação na Copa Libertadores para o próximo ano. Mas o clube não depende só do próprio resultado. As partidas do Cruzeiro (MG) e do Flamengo (RJ) também serão importantes para a definição das duas vagas para a competição internacional em 2009.



Para o atacante Denílson, a conquista da vaga é de extrema importância, já que o elenco mostrou-se desmotivado após perder as chances da conquista do título. "Nosso objetivo desde o início deste ano era conquistar um título e colocar o Palmeiras entre os melhores do País. Neste Campeonato Brasileiro, a partir do instante em que ficamos na liderança, criamos a expectativa de ser campeões e nos decepcionamos muito. Acho que a última impressão é a que fica, e a vaga para a Copa Libertadores vai fazer com que o ano termine bem", avaliou.



O atacante ignora a comparação com 2007, quando o time perdeu a vaga para a competição na última rodada do Campeonato Brasileiro. "Muita coisa mudou desde o ano passado, incluindo a equipe e o treinador. Apesar de não estarmos mais brigando pelo título, nosso grupo tem atitude e todos estão focados num mesmo ideal. Aprendemos a lição com a eliminação no último ano e agora vamos entrar em campo para vencer", declarou. "O Botafogo certamente vai querer dar o seu melhor. Por isso temos que trabalhar bastante essa semana e pensar em fazer uma grande partida, talvez a melhor deste ano", completou.



O adversário, Botafogo, passa por uma fase difícil nesta reta final do Campeonato Brasileiro, com uma debandada de atletas do clube e a tentativa desesperada da diretoria de conseguir bons resultados para manter os ídolos na equipe. Mas para Denílson, a situação delicada não pode influenciar a partida. "O primeiro objetivo é vencer. Independente da situação do Botafogo, nós temos que fazer desse jogo uma decisão. Disputar uma Copa Libertadores representa estar na elite do futebol e nós não queremos ficar fora, até porque já nos decepcionamos com a perda do título", reforçou.



O jogador ainda reforçou que o jogo promete ser difícil e que, mesmo com a posição confortável no meio da tabela, o adversário pode complicar a busca pelos objetivos do Palmeiras. "Não existe mais moleza no futebol, a partida não está ganha. Todo jogo é difícil e nós vamos entrar em campo respeitando o Botafogo. Não é porque eles não têm mais nada na competição que podemos considerar o jogo vencido. É preciso muita seriedade", concluiu o atacante, que ficará fora de campo na partida final da competição.



Ficha Técnica



Palmeiras: Marcos; Gustavo, Jeci e Maurício; Fabinho Capixaba, Pierre, Sandro Silva, Evandro, Diego Souza e Leandro; Kléber.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.



Botafogo: Escalação não divulgada.

Técnico: Ney Franco.



Arbitragem: Heber Roberto Lopes (PR/FIFA); Roberto Braatz (PR/FIFA) e Gilson Bento Coutinho (PR)

Local: estádio Palestra Itália, em São Paulo.

Data e horário: 07 de dezembro, às 17h.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)