Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2008 07:27

Sem Martinez e Alex Mineiro, Palmeiras luta por vaga

Talita de Moraes, FPF

Com o mesmo esquema tático usado para a última partida, contra o Vitória (BA) no último domingo, o Palmeiras vai encarar o Botafogo (RJ), no Palestra Itália, pela última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, disposto a não vacilar no sistema defensivo e explorar a velocidade nos contra-ataques, para tentar uma vaga no G4 e garantir a participação na Copa Libertadores para o próximo ano. Mas o clube não depende só do próprio resultado. As partidas do Cruzeiro (MG) e do Flamengo (RJ) também serão importantes para a definição das duas vagas para a competição internacional em 2009.



Para o atacante Denílson, a conquista da vaga é de extrema importância, já que o elenco mostrou-se desmotivado após perder as chances da conquista do título. "Nosso objetivo desde o início deste ano era conquistar um título e colocar o Palmeiras entre os melhores do País. Neste Campeonato Brasileiro, a partir do instante em que ficamos na liderança, criamos a expectativa de ser campeões e nos decepcionamos muito. Acho que a última impressão é a que fica, e a vaga para a Copa Libertadores vai fazer com que o ano termine bem", avaliou.



O atacante ignora a comparação com 2007, quando o time perdeu a vaga para a competição na última rodada do Campeonato Brasileiro. "Muita coisa mudou desde o ano passado, incluindo a equipe e o treinador. Apesar de não estarmos mais brigando pelo título, nosso grupo tem atitude e todos estão focados num mesmo ideal. Aprendemos a lição com a eliminação no último ano e agora vamos entrar em campo para vencer", declarou. "O Botafogo certamente vai querer dar o seu melhor. Por isso temos que trabalhar bastante essa semana e pensar em fazer uma grande partida, talvez a melhor deste ano", completou.



O adversário, Botafogo, passa por uma fase difícil nesta reta final do Campeonato Brasileiro, com uma debandada de atletas do clube e a tentativa desesperada da diretoria de conseguir bons resultados para manter os ídolos na equipe. Mas para Denílson, a situação delicada não pode influenciar a partida. "O primeiro objetivo é vencer. Independente da situação do Botafogo, nós temos que fazer desse jogo uma decisão. Disputar uma Copa Libertadores representa estar na elite do futebol e nós não queremos ficar fora, até porque já nos decepcionamos com a perda do título", reforçou.



O jogador ainda reforçou que o jogo promete ser difícil e que, mesmo com a posição confortável no meio da tabela, o adversário pode complicar a busca pelos objetivos do Palmeiras. "Não existe mais moleza no futebol, a partida não está ganha. Todo jogo é difícil e nós vamos entrar em campo respeitando o Botafogo. Não é porque eles não têm mais nada na competição que podemos considerar o jogo vencido. É preciso muita seriedade", concluiu o atacante, que ficará fora de campo na partida final da competição.



Ficha Técnica



Palmeiras: Marcos; Gustavo, Jeci e Maurício; Fabinho Capixaba, Pierre, Sandro Silva, Evandro, Diego Souza e Leandro; Kléber.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.



Botafogo: Escalação não divulgada.

Técnico: Ney Franco.



Arbitragem: Heber Roberto Lopes (PR/FIFA); Roberto Braatz (PR/FIFA) e Gilson Bento Coutinho (PR)

Local: estádio Palestra Itália, em São Paulo.

Data e horário: 07 de dezembro, às 17h.


, especial para o site da FPF



Com o mesmo esquema tático usado para a última partida, contra o Vitória (BA) no último domingo, o Palmeiras vai encarar o Botafogo (RJ), no Palestra Itália, pela última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, disposto a não vacilar no sistema defensivo e explorar a velocidade nos contra-ataques, para tentar uma vaga no G4 e garantir a participação na Copa Libertadores para o próximo ano. Mas o clube não depende só do próprio resultado. As partidas do Cruzeiro (MG) e do Flamengo (RJ) também serão importantes para a definição das duas vagas para a competição internacional em 2009.



Para o atacante Denílson, a conquista da vaga é de extrema importância, já que o elenco mostrou-se desmotivado após perder as chances da conquista do título. "Nosso objetivo desde o início deste ano era conquistar um título e colocar o Palmeiras entre os melhores do País. Neste Campeonato Brasileiro, a partir do instante em que ficamos na liderança, criamos a expectativa de ser campeões e nos decepcionamos muito. Acho que a última impressão é a que fica, e a vaga para a Copa Libertadores vai fazer com que o ano termine bem", avaliou.



O atacante ignora a comparação com 2007, quando o time perdeu a vaga para a competição na última rodada do Campeonato Brasileiro. "Muita coisa mudou desde o ano passado, incluindo a equipe e o treinador. Apesar de não estarmos mais brigando pelo título, nosso grupo tem atitude e todos estão focados num mesmo ideal. Aprendemos a lição com a eliminação no último ano e agora vamos entrar em campo para vencer", declarou. "O Botafogo certamente vai querer dar o seu melhor. Por isso temos que trabalhar bastante essa semana e pensar em fazer uma grande partida, talvez a melhor deste ano", completou.



O adversário, Botafogo, passa por uma fase difícil nesta reta final do Campeonato Brasileiro, com uma debandada de atletas do clube e a tentativa desesperada da diretoria de conseguir bons resultados para manter os ídolos na equipe. Mas para Denílson, a situação delicada não pode influenciar a partida. "O primeiro objetivo é vencer. Independente da situação do Botafogo, nós temos que fazer desse jogo uma decisão. Disputar uma Copa Libertadores representa estar na elite do futebol e nós não queremos ficar fora, até porque já nos decepcionamos com a perda do título", reforçou.



O jogador ainda reforçou que o jogo promete ser difícil e que, mesmo com a posição confortável no meio da tabela, o adversário pode complicar a busca pelos objetivos do Palmeiras. "Não existe mais moleza no futebol, a partida não está ganha. Todo jogo é difícil e nós vamos entrar em campo respeitando o Botafogo. Não é porque eles não têm mais nada na competição que podemos considerar o jogo vencido. É preciso muita seriedade", concluiu o atacante, que ficará fora de campo na partida final da competição.



Ficha Técnica



Palmeiras: Marcos; Gustavo, Jeci e Maurício; Fabinho Capixaba, Pierre, Sandro Silva, Evandro, Diego Souza e Leandro; Kléber.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.



Botafogo: Escalação não divulgada.

Técnico: Ney Franco.



Arbitragem: Heber Roberto Lopes (PR/FIFA); Roberto Braatz (PR/FIFA) e Gilson Bento Coutinho (PR)

Local: estádio Palestra Itália, em São Paulo.

Data e horário: 07 de dezembro, às 17h.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)