Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/12/2008 14:51

Sem contratos, frigoríficos pagam menos pela arroba

Jefferson da Luz, Campo Grande News

A falta de renovação dos contratos com os compradores no exterior tem forçado os frigoríficos a pagarem menos pela arroba do boi. Hoje, mesmo em alta, a arroba está sendo negociada na BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuro) a R$ 75,50, menos que no início da semana, quando chegou a R$ 78,81. No ano, o pico registrado foi de 86,19 a arroba.

“O problema está na falta de crédito para garantir as compras. Os bancos, lá fora, não estão financiando os compradores, que não têm como garantir a compra por eles mesmos, e o vendedor, aqui, não vende se a garantia”, explica o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Gado de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho.

Segundo Laucídio, os frigoríficos do Estado trabalham com um prazo de contrato curto, e agora, quando a maioria deles está chegando ao fim, não há perspectiva de renovação. “Em outubro houve uma redução de cerca de 40% no comércio exterior, e novembro foi ainda pior do que outubro”, conta.

Ele ainda disse que o consumo interno de carne está normal, mas que nossa produção é muito superior ao consumo, o que causa uma redução do abates.

Mesmo com um cenário não tão favorável pela frente, o presidente da Associação prevê uma retomada das exportações. “O mundo precisa comer. Logo as vendas vão voltar ao normal, mas em uma outra realidade, os preços vão ser renegociados, pois o mercado estava muito aquecido. Os contratos voltarão, mas abaixo que foi negociado anteriormente”, prevê.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)