Cassilândia, Quarta-feira, 03 de Junho de 2020

Últimas Notícias

05/04/2020 20:00

Sem citar nomes, presidente disse que algumas pessoas estão "se achando"

Por Clayton Neves , Campo Grande News

Durante conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada neste domingo (5), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “algo subiu na cabeça” de integrantes de seu governo e disse que “a hora deles vai chegar”. Apesar de não ter mencionado nomes, a declaração acontece em meio a divergências de Bolsonaro com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre o enfrentamento ao novo coronavírus.

"Algumas pessoas no meu governo, algo subiu a cabeça deles. Estão se achando. Eram pessoas normais, mas de repente viraram estrelas. Falam pelos cotovelos. Tem provocações. Mas a hora deles não chegou ainda não. Vai chegar a hora deles. A minha caneta funciona. Não tenho medo de usará a caneta nem pavor. E ela vai ser usada para o bem do Brasil, não é para o meu bem. Nada pessoal meu. A gente vai vencer essa", declarou o presidente.

Na semana passada, Bolsonaro admitiu que vive se "bicando" com o ministro da Saúde, mas antecipou que não pretende demiti-lo em meio à pandemia do coronavírus no País.

Enquanto o ministro sul-mato-grossense defende duras medidas de prevenção como isolamento integral, Bolsonaro é a favor do isolamento vertical em que apenas pessoas do grupo de risco ficam em quarentena. Durante entrevista à rádio Jovem Pan, o presidente também pontuou que “falta humildade” no ministro.

Bolsonaro também criticou as decisões que o ministro tem tomado, sem consultá-lo. "Em alguns momentos, acho que o Mandetta teria que ouvir mais o presidente. O Mandetta quer fazer valer muito a vontade dele. Pode ser que ele esteja certo, mas está faltando humildade para ele conduzir o Brasil neste momento", disse o presidente.

Conforme publicação do portal Uol, durante a entrevista, Bolsonaro também disse que o “clima de pânico” e “histeria” também contagiou o Ministério da Saúde. "Já está no momento de todo mundo botar o pé no chão", concluiu. -

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 03 de Junho de 2020
Terça, 02 de Junho de 2020
13:10
A reprodução do crime
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)