Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

27/09/2005 16:27

Sem Banco de Olhos, transplantes caem em 92,5% em MS

Inara Silva / Campo Grande News

Desde março deste ano, a Santa Casa de Campo Grande está com seu Banco de Olhos desativado em função da falta de credenciamento junto ao Ministério da Saúde. Segundo a coordenadora da Central de Transplantes do Estado, Claire Miozzo, com os trabalhos suspensos, houve queda no número de transplantes córneas realizados no Estado; passando de 120 realizados de janeiro a setembro do ano passado, para 9 no mesmo período deste ano; uma redução de 92,5%. A coordenadora da Central explicou que o único Banco do Estado é instalado na Santa Casa e o credenciamento depende do hospital.

Até março deste ano, segundo a coordenadora, foram feitos cinco procedimentos no Estado. Após esta data, sem o Banco de Olhos, foram feitos quatro transplantes em urgência. A captação do órgão foi feita em Mato Grosso do Sul e o processamento foi feito fora. A coordenadora explicou que os órgãos só podem ser transplantados depois de processados e como o Estado não dispõe de banco credenciado, o transplante fica impossibilitado.

A assessoria de imprensa da Santa Casa informou que o Banco de Olhos do hospital era credenciado pelo Ministério da Saúde, mas em função de alterações nos critérios de credenciamento, a unidade foi fechada. O hospital já teria providenciado a planta baixa para as reformas necessárias, no entanto, somente depois de aprovação da Vigilância Sanitária é que as adequações serão realizadas, para então passar por nova vistoria do Ministério da Saúde. O coordenador da Vigilância Sanitária Estadual, Marcio Toledo, disse que o projeto chegou há 15 dias na Secretaria de Saúde e foi aprovado pela Vigilância e já passou também pela CPP (Coordenadoria de Planejamento e Projetos).

Na opinião do coordenador, as adequações necessárias devem ser feitas em 15 dias de trabalho. Toledo esclareceu que a resolução da Diretoria Colegiada do Ministério da Saúde determina que a primeira coisa que todos os estabelecimentos tem que fazer é o projeto arquitetônico aprovado. O que não havia sido feito pelo Banco de Olhos. Após o hospital concluir as adequações, nova vistoria será realizada para a Vigilância e só então o órgão poderá ser novamente credenciamento pelo Ministério da Saúde, o que deve ocorrer até o fim de outubro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)