Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/09/2005 16:27

Sem Banco de Olhos, transplantes caem em 92,5% em MS

Inara Silva / Campo Grande News

Desde março deste ano, a Santa Casa de Campo Grande está com seu Banco de Olhos desativado em função da falta de credenciamento junto ao Ministério da Saúde. Segundo a coordenadora da Central de Transplantes do Estado, Claire Miozzo, com os trabalhos suspensos, houve queda no número de transplantes córneas realizados no Estado; passando de 120 realizados de janeiro a setembro do ano passado, para 9 no mesmo período deste ano; uma redução de 92,5%. A coordenadora da Central explicou que o único Banco do Estado é instalado na Santa Casa e o credenciamento depende do hospital.

Até março deste ano, segundo a coordenadora, foram feitos cinco procedimentos no Estado. Após esta data, sem o Banco de Olhos, foram feitos quatro transplantes em urgência. A captação do órgão foi feita em Mato Grosso do Sul e o processamento foi feito fora. A coordenadora explicou que os órgãos só podem ser transplantados depois de processados e como o Estado não dispõe de banco credenciado, o transplante fica impossibilitado.

A assessoria de imprensa da Santa Casa informou que o Banco de Olhos do hospital era credenciado pelo Ministério da Saúde, mas em função de alterações nos critérios de credenciamento, a unidade foi fechada. O hospital já teria providenciado a planta baixa para as reformas necessárias, no entanto, somente depois de aprovação da Vigilância Sanitária é que as adequações serão realizadas, para então passar por nova vistoria do Ministério da Saúde. O coordenador da Vigilância Sanitária Estadual, Marcio Toledo, disse que o projeto chegou há 15 dias na Secretaria de Saúde e foi aprovado pela Vigilância e já passou também pela CPP (Coordenadoria de Planejamento e Projetos).

Na opinião do coordenador, as adequações necessárias devem ser feitas em 15 dias de trabalho. Toledo esclareceu que a resolução da Diretoria Colegiada do Ministério da Saúde determina que a primeira coisa que todos os estabelecimentos tem que fazer é o projeto arquitetônico aprovado. O que não havia sido feito pelo Banco de Olhos. Após o hospital concluir as adequações, nova vistoria será realizada para a Vigilância e só então o órgão poderá ser novamente credenciamento pelo Ministério da Saúde, o que deve ocorrer até o fim de outubro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)