Cassilândia, Sábado, 23 de Março de 2019

Últimas Notícias

13/03/2019 08:20

Sem Aneel, deputados voltam a discutir aumento na conta de energia

Correio do Estado

 

Sem representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), um dos assuntos mais discutidos nos últimos meses, o aumento nas contas de luz voltou a ser debatido na noite de ontem, em audiência pública na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O evento, intitulado “Desvendando o Aumento e a Composição da Fatura de Energia Elétrica no Estado de Mato Grosso do Sul”.

A audiência foi proposta pelo deputado Barbosinha (DEM), que abriu os trabalhos explicando que o objetivo era coletar dados e informações da concessionária de energia do Estado, a Energisa, que depois serão checados. Além disso, consumidores presentes podiam fazer questionamentos ao fim das explanações.

Diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes Monteiro, voltou a afirmar que o aumento é consequências das altas temperaturas registradas no Estado, que ocasionaram em aumento de consumo.

"A gente vem falando muito sobre a questão das altas temperaturas que vem afetando as contas e isso não foi fato isolado do MS, aconteceu no sudeste e Centro-Oeste e, no Estado, na região atendida pela Elektro [Três Lagoas] houve o mesmo. Esse período é cíclico, todo dezembro e janeiro tem elevação do consumo. Este ano foi atípico, teve dezembro e janeiro muito quente. O fato é, houve varição de consumo, não houve erro, a tarifa foi a mesma", explicou Monteiro.

A Elektro, citada pelo diretor-presidente da Energisa, foi convidada para a audiência, mas segundo Barbosinha, não respondeu ao convite.

Também participaram da audiência representantes dos Procons municipal e estadual, da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan), do Ministério Público Estadual (MPMS), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), do Conselho dos Consumidores de Energia da Área de Concessão da Energisa-MS (Concen) e da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania de Mato Grosso do Sul (Sedhast), além da população em geral.

A audiência aconteceu um mês após a reunião dos parlamentares com diretores da Energisa. No dia 13 do mês passado, Vinhaes Monteiro, a gerente de regulamentação, Dayanni Grassano, e o gerente de serviços comerciais, Ercílio Diniz, responderam questões sobre a alta expressiva da conta de energia elétrica no início deste ano. Além disso, os deputados perguntaram sobre isenção tarifária, carga tributária, entre outros assuntos.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Março de 2019
09:00
Santo do dia
Sexta, 22 de Março de 2019
Quinta, 21 de Março de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)