Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

Últimas Notícias

15/11/2006 19:14

Seleção Brasileira vence Suíça no último amistoso do ano

Humberto Marques/Campo Grande News

Em um jogo diferentes das outras partidas da “Nova Era Dunga”, o Brasil venceu a Suíça por 2x1, no último amistoso da Seleção Brasileira em 2006, disputado na Basiléia (Suíça). A partida, que no primeiro tempo não demonstrou toda a expectativa montada sobre os alvirrubros suíços, mudou de cara na etapa final, com os brasileiros sofrendo forte pressão, especialmente após sofrer o gol.

Na etapa inicial, Brasil e Suíça começaram o jogo criando oportunidades, mas com poucas chances reais de gol. A situação mudou para a Seleção Brasileira aos 21 minutos: Elano cobrou escanteio da direita, a bola chegou até o segundo pau e Luisão, de cabeça, empurrou para as redes.

O gol pareceu ter deixado o time suíço mais nervoso em campo, e abriu brechas para o ataque brasileiro, que começou a pressionar mais. E, aos 34 minutos, um lance no mínimo inusitado resultou no segundo gol brasileiro. o meio-campista Vonlanthen estava no campo de defesa à esquerda, quando recuou uma para o goleiro Zuberbühler na grande área. O arqueiro suíço tentou despachar a bola para a frente com um chute, mas acabou acertando o zagueiro Djourou. A bola rebateu e atingiu as costas de Kaká, que girou para dominar e chutar para as redes adversárias.

O gol irritou os próprios suíços. No instante seguinte, o atacante Freio chutou a bola na arquibancada e tomou cartão amarelo do árbitro Marcus Merk. A torcida da casa se irritou e passou a vaiar o time, em especial o seu goleiro – que voltou a ser aplaudido após buscar no alto uma bola de Elano.

No retorno para a etapa final, a Suíça promoveu duas alterações, com o técnico Jakob Kuhn sacando Vogel e Streller, permitindo a entrada de Maragiraz e Dzemaili. As mudanças não surtem efeito nos primeiros minutos, com o Brasil se entregando à tendência de administrar o resultado e perdendo chances de gol ao chegar às metas de Zuberbühler.

Robinho e Fernando dão lugar a Ronaldinho Gaúcho e Tinga. A substituição de Dunga, que havia dito ter a intenção de promover o máximo de experiências possíveis na partida, não surte o resultado desejado, com o time suíço se arriscando mais no ataque. Ainda assim, o Brasil é superior, mas em um lance infeliz concede o “gol de honra” do time da casa.

Em um cruzamento da direita rumo à área brasileira, Maicon tenta impedir que a bola chegue a Frei, antecipando-se ao goleiro Hélton e tirando o guarda-metas da jogada. A bola é mal rebatida e acaba indo parar no fundo das redes brasileiras. Os últimos minutos do jogo foram marcados por uma forte pressão da Suíça, que não conseguiu empatar.

Assim, o técnico Dunga termina o ano invicto no comando da Seleção, com um empate – contra a Noruega, em sua estréia, por 1x1 – e cinco vitórias, sobre a Argentina (3x0), País de Gales (2x0), Kuwait (4x0), Equador (2x1) e Suíça. No próximo ano, estão previstos pelo menos 18 jogos da Seleção Brasileira, envolvendo amistosos e participações na Copa América.

Ficha técnica

Suíça: Zuberbühler, Senderos, Djorou (Müller), Streller (Margairaz), Magnin, Vogel (Dzemaili), Barnetta, Cabañas (Yakin), Vonlanthen (Degen), Lichtsteiner (Inler) e Frei. Técnico: Jakob Kuhn.

Brasil: Helton, Maicon, Luisão, Juan, Adriano, Dudu Cearense (Daniel Carvalho), Fernando (Tinga), Elano (Diego), Kaká, Rafael Sobis (Ricardo Oliveira) e Robinho (Ronaldinho). Técnico: Dunga.

Os nomes entre parênteses são de jogadores entraram no segundo tempo, substituindo os que estão à esquerda.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)