Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/05/2006 07:49

Seleção Brasileira enfrenta Combinado de Lucerna hoje

CBFNews

A Seleção Brasileira fará nesta terça-feira contra o Combinado de Lucerna, às 15h30(Brasilia), no St. Jakob Stadium, o 14.o amistoso contra combinados estrangeiros.

O primeiro desses amistosos aconteceu em 1923, no dia 28 de novembro. O Brasil goleou o Combinado de Durazno, no Uruguai, por 9 a 0.

Na prepararação para a Copa de 1970, no México, a Seleção fez três amistosos contra combinados. Venceu os três: 3 a 0 no Combinado de Guadalajara, com gols de Rivellino, Pelé e Clodoaldo; 5 a 2 no Combinado de León, com dois gols de Pelé, Rivellino, Tostão e Marco Antônio; e 3 a 0 no Combinado de Irapuato, gols de Paulo César Lima, Roberto Miranda e Rivellino.

Na preparação para a Copa de 1974, a Seleção Brasileira venceu o Combinado de Ludwigshafen por 3 a 2, com dois gols de Rivellino e Valdomiro.

Na preparação para a Copa do Mundo de 1990, a Seleção perdeu para o Combinado da Umbria por 1 a 0, no dia 28 de maio de 1990.

Foram 13 jogos, com 10 vitórias e três derrotas. As outras duas aconteceram para Combinados do Resto do Mundo: no dia 27 de março de 1989 por 2 a 1, em Udine, na Itália; e no dia 31 de outubro de 1990, em Milão, também por 2 a 1.


Veja a ficha completa dos 13 jogos

BRASIL 9 x 0 COMBINADO DE DURAZNO (URU)
Data: 28 de novembro de 1923.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio de Durazno, em Durazno (Uruguai).
Público: não divulgado.
Árbitro: Julian Bertola (Uruguai).
Gols: Zezé 10’, 25’, 67’ e 69’, Nilo 32’ e 87’, Coelho 55’ e Amaro 82’.
BRASIL: Nélson (Vasco-RJ), Pennaforte (Flamengo-RJ) e Alemão (Botafogo-RJ); Mica (Botafogo-RJ), Nesi (São Cristóvão-RJ) e Soda (Americano-RJ); Paschoal (Vasco-RJ), Zezé (Fluminense-RJ), Nilo (SC Brasil-RJ), Coelho (Fluminense-RJ) e Amaro (Goytacaz-RJ). Técnico: Chico Netto.
COMBINADO: S. Alvarez; Pablo Irigoin e B. Barcelo; G. Gamboa, Carlos Casavalle e Pablo Spagnol; I. Mateos, Henrique Penas, Raúl Fernández, O. Ojeda e Leonardi Soane. Técnico: não disponível.



BRASIL 4 x 2 COMBINADO BELENENSES / BENFICA (POR)
Data: 12 de julho de 1934.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio das Amoreiras, em Lisboa (Portugal).
Público: não divulgado.
Árbitro: Ilídio Nogueira (Portugal).
Gols: Waldemar de Brito 18’ e 60’, Patesko 37’ e 41’, Xavier 24’ e 64’
BRASIL: Pedrosa (Botafogo-RJ) depois Germano (Botafogo-RJ), Sylvio Hoffman (C.B.D.) e Luiz Luz (C.B.D.); Ariel (Botafogo-RJ), Martim (Botafogo-RJ) e Canalli (Botafogo-RJ); Luisinho (C.B.D.), Waldemar de Brito (C.B.D.), Carvalho Leite (Botafogo-RJ), Armandinho (C.B.D.) e Patesko (C.B.D.). Técnico: Luiz Augusto Vinhais.
COMBINADO: Martins Reis; Ralph Bailão e José Simões; Francisco Albino, Raul Figueiredo Silva e Rodrigues Alves; Luís Xavier, Vitor Silva, Rogério de Souza e José Luís Moreira. Técnico: Alfredo Valadas.



BRASIL 4 x 1 COMBINADO COLOMBIANO (COL)
Data: 2 de maio de 1954.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (Brasil).
Público: não divulgado.
Árbitro: Mário Vianna (Brasil).
Gols: Rodrigues 20' e 60', Indio 82' e 85' e Fernandez 89'.
BRASIL: Castilho (Fluminense-RJ), Djalma Santos (Portuguesa de Desportos-SP) e Mauro (São Paulo-SP); Eli (Vasco-RJ) depois Brandãozinho (Portuguesa de Desportos-S), Bauer (São Paulo-SP) e Nílton Santos (Botafogo-RJ); Julinho (Portuguesa de Desportos-SP), Humberto (Palmeiras-SP) depois Pinga (Vasco-RJ) depois Rubens (Flamengo-RJ), Baltazar (Corinthians-SP) depois Indio (Flamengo-RJ), Didi (Fluminense-RJ) e Rodrigues (Palmeiras-SP) depois Maurinho (São Paulo-SP). Técnico: Zezé Moreira.
COMBINADO: Julio Cozzi; Tochero Roberto Martinez e Francisco Zuluaga; Ismael Soria, Nestor Rossi e Raul Píni (Antonio Bernarscondi); Oscar Contreras, Ramón Villaverde (Alejandro Genes), Adolfo Pedernera, Francisco Solano Patiño (Mario Fernández) e Carlos Nataver. Técnico: não disponível.



BRASIL 2 x 0 COMBINADO COLOMBIANO (COL)
Data: 9 de maio de 1954.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Municipal do Maracanã, no Rio de Janeiro (Brasil).
Público: não divulgado.
Árbitro: Mário Vianna (Brasil).
Gols: Dequinha 14’ e Baltazar 32’.
BRASIL: Veludo (Fluminense-RJ) depois Cabeção (Corinthians-SP), Gérson (Botafogo-RJ) e Nílton Santos (Botafogo-RJ); Djalma Santos (Portuguesa de Desportos-SP), Brandãozinho (Portuguesa de Desportos-SP) depois Salvador (Internacional-RS) e Dequinha (Flamengo-RJ); Julinho (Portuguesa de Desportos-SP), Didi (Fluminense-RJ), Indio (Flamengo-RJ), Pinga (Vasco-RJ) depois Baltazar (Corinthians-SP) e Rodrigues (Palmeiras-SP) depois Maurinho (São Paulo-SP). Técnico: Zezé Moreira.
COMBINADO: Gabriel Ochoa, Raul Pini e Antonio Bernascondi; Ismael Soria, Nestor Rossi e Tochero Roberto Martinez; Oscar Contreras, Ramón Villaverde, Alejandro Genes, Adolfo Pedernera, Francisco Solano Patiño (Mario Fernández) e Carlos Nataver. Técnico: não disponível.



BRASIL 3 x 0 COMBINADO DE GUADALAJARA (MÉX)
Data: 6 de maio de 1970.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara (México).
Público: 48.000 pagantes.
Árbitro: Arturo Yamasaki (Peru).
Gols: Rivellino 40’, Pelé 41’, Clodoaldo 43’.
BRASIL: Ado (Corinthians-SP), Carlos Alberto Torres (Santos-SP), Brito (Flamengo-RJ), Wilson Piazza (Cruzeiro-MG) depois Joel Camargo (Santos-SP) 66’ e Marco Antônio (Fluminense-RJ); Clodoaldo (Santos-SP), Gérson (São Paulo-SP) e Rivellino (Corinthians-SP); Rogério (Botafogo-RJ) depois Jairzinho (Botafogo-RJ) 45’, Tostão (Cruzeiro-MG) depois Dario (Atlético-MG) 66’ e Pelé (Santos-SP). Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.
COMBINADO: Gilberto “Coco” Rodriguez, Arturo Chaires, Humberto Medina, Raul Monroy e José “Jamaicon” Villegas; Sabas Ponce e Pedro Herrada (Willy Gomez); Sergio Anaya, Carlos Calderon (Luis Estrada), Dumbo Rodriguez e Salvador Espinosa (Pepe Delgado). Técnico: Antonio Carbajal.



BRASIL 5 x 2 COMBINADO DE LEÓN (MÉX)
Data: 17 de maio de 1970.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio do León, em León (México).
Público: 45.000 pagantes.
Árbitro: Afonso Gonzalez Archundia (México).
Gols: Pelé 25’ e 37’, Rivellino 53’, Estrada 58’, Tostão 59’, Marco Antonio (c) 67’, Paulo César Lima 84’.
BRASIL: Félix (Fluminense-RJ), Carlos Alberto Torres (Santos-SP) depois Zé Maria (Portuguesa de Desportos-SP) aos 78’, Brito (Flamengo-RJ), Wilson Piazza (Cruzeiro-MG) e Marco Antônio (Fluminense-RJ); Clodoaldo (Santos-SP) depois Paulo César Lima (Botafogo-RJ) aos 45’, Gérson (São Paulo-SP) e Rivellino (Corinthians-SP); Jairzinho (Botafogo-RJ), Tostão (Cruzeiro-MG) e Pelé (Santos-SP) depois Dario (Atlético-MG) aos 78’. Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.
LEÓN: Gilberto “Coco” Rodriguez, José Garcia, Ephraín Loza, Rui Loza e Roberto Lopez; Sabas Ponce e Pachuco Lopez (Arturo Ayala Vasquez) aos 75’; Gabriel Mata (José Valdes) aos 75’, Salvador Enrique e Luis Estrada. Técnico: Antonio Carbajal

Obs.: A seleção brasileira atuou com 10 jogadores a partir dos 82’ em virtude da contusão de Gérson.



BRASIL 3 x 0 COMBINADO DE IRAPUATO (MÉX)
Data: 24 de maio de 1970.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio de Irapuato, em Irapuato (México).
Público: 28.000 pagantes.
Árbitro: Javier Galindo (México).
Gols: Paulo César Lima 57’, Roberto Miranda 83’ e Rivellino aos 89’.
BRASIL: Ado (Corinthians-SP) depois Leão (Palmeiras-SP) aos 65’; Carlos Alberto Torres (Santos-SP) depois Zé Maria (Portuguesa de Desportos-SP) aos 65’, Brito (Flamengo-RJ) depois Baldochi (Palmeiras-SP) aos 65’, Wilson Piazza (Cruzeiro-MG) depois Fontana (Cruzeiro-MG) aos 45’ e Marco Antônio (Fluminense-RJ) depois Everaldo (Grêmio-RS) aos 45’; Clodoaldo (Santos-SP), Rivellino (Corinthians-SP) e Paulo César Lima (Botafogo-RJ); Jairzinho (Botafogo-RJ) depois Edu (Santos-SP) aos 65’, Tostão (Cruzeiro-MG) e Pelé (Santos-SP) depois Roberto Miranda (Botafogo-RJ) aos 65’. Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.
COMBINADO: Alatorre, Hernandez Antunano, Diflorio, Majewski e Leonardo Sanchez; Zapian e Avellaneda; Ruiz (Belmonte), Perrichon, Ubiraci, Marco Antônio. Técnico: não disponível.



BRASIL 3 x 2 COMBINADO DE LUDWIGSHAFEN (ALE OC.)
Data: 26 de maio de 1974.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio de Ludwigshafen, em Munique (Alemanha).
Público: 21.904 pagantes.
Árbitro: O. Riggs (Alemanha).
Gols: Rivellino 7' e 55', Diehl (p) 18', Valdomiro 19' e Pirrung 25'.
BRASIL: Wendell (Botafogo-RJ), Zé Maria (Corinthians-SP) depois Nelinho (Cruzeiro-MG), Luis Pereira (Palmeiras-SP), Marinho Peres (Santos-SP) e Marinho Chagas (Botafogo-RJ); Clodoaldo (Santos-SP) depois Wilson Piazza (Cruzeiro-MG), Rivellino (Corinthians-SP) e Paulo César Lima (Flamengo-RJ); Valdomiro (Internacional-RS) depois Edu (Santos-SP), Leivinha (Palmeiras-SP) e César (Palmeiras-SP). Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.
COMBINADO: Josef Elting, Herbert Scheller, Ernst Diehl, Dietmar Schwager e Fritz Fuchs; Peter Schwarz, Hermann Bitz (Heinz Wilhelmi) e Klaus Ackermann (Reinhard Meier); Josef Pirrung, Klaus Toppmöller e Gerhard Klier (Norbert Janzon). Técnicos: Erich Ribbeck e Günther Jansen. Técnico: não disponível.



BRASIL 6 x 0 COMBINADO DO EIRE
Data: 23 de setembro de 1981.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL (Brasil).
Público: 36.982 pagantes.
Árbitro: Oscar Scolfaro (Brasil).
Gols: Éder 5', Roberto 20' e Zico 70', 71', 77' e 83'.
BRASIL: Waldir Peres (São Paulo-SP), Perivaldo (Botafogo-RJ) depois Leandro (Flamengo-TJ), Oscar (São Paulo-SP), Edinho (Fluminense-RJ) e Júnior (Flamengo-RJ); Toninho Cerezo (Atlético-MG), Renato (São Paulo-SP) e Zico (Flamengo-RJ); Paulo Isidoro (Grêmio-RS) depois Robertinho (Fluminense-RJ), Roberto Cearense (Sport-PE) e Éder (Atlético-MG) depois Mário Sérgio (São Paulo-SP). Técnico: Telê Santana.
COMBINADO: Richie Blackmore; Pat Nolan, Patty Dunning, Tommy MacConville e Martin Lawlor; Padraig O’Connor, Leo Flannagan e Frank Devlin; Miah Dennery, Lian Buckley e Terry Eviston (Martin Murray). Técnico: não disponível.





BRASIL 1 x 2 COMBINADO RESTO DO MUNDO
Data: 27 de março de 1989.
Competição: Amistoso.
Local: Comunale dei Friuli, em Udine (Itália).
Público: 40.000 pagantes.
Árbitro: Luigi Agnolin (Itália).
Gols: Dunga aos 6’, Francescoli 33’, Detari 64’.
BRASIL: Gilmar (Nacional-Port) depois João Leite (Vitória de Guimarães-Port), Ricardo Rocha (Sporting-Port) depois Alemão (Napoli-Ita), Ricardo Gomes (Benfica-Port) depois Júlio César (Montpellier-Fra), Mozer (Benfica-Port) e Júnior (Pescara-Ita) depois Branco (Porto-Port); Dunga (Fiorentina-Ita) depois Andrade (Roma-Ita), Silas (Sporting-Port) depois Milton (Como-Ita) depois Douglas (Sporting-Port) e Zico (Flamengo-RJ); Renato Gaúcho (Roma-Ita) depois Romário (PSV Eindhoven-Hol), Careca (Napoli-Ita) depois Evair (Atalanta-Ita) e Valdo (Benfica-Port) depois Tita (Pescara-Ita). Técnico: Sebastião Lazaroni.
RESTO DO MUNDO: Michel Preud’Homme (Bélgica) depois Rinat Dassaev (URSS), Eric Gerets (Bélgica), Stephane Demol (Bélgica) e Bosko Durovski (Iugoslávia), Dilmen Ridvan (Turquia) depois Tanju Colak (Turquia), Lajos Detari (Hungria), Dragan Stojkovic (Iugoslávia), Carlos Valderrama (Colômbia) depois Sinisa Mihajlovic (Iugoslávia), Enzo Francescoli (Uruguai), Rui Águas (Portugal) e João Manoel Vieira Pinto (Portugal). Técnico: Nils Liedholm (Suécia).



BRASIL 1 x 0 COMB. ESPANHOL (ESP)
Data: 19 de maio de 1990.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Vicente Calderon, em Madrid (Espanha).
Público: não divulgado.
Árbitro: José Maria Garcia Aranda (Espanha).
Gol: Branco 11'.
BRASIL: Taffarel (Internacional-RS), Mozer (Olympique Marselha-FRA), Mauro Galvão (Botafogo-RJ) e Ricardo Rocha (São Paulo-SP); Jorginho (Bayer Leverkusen-ALE) depois Mazinho (Vasco-RJ), aos 79’ Dunga (Fiorentina-ITA) depois Tita (Vasco-RJ) aos 62’, Alemão (Napoli-ITA), Silas (Sporting Lisboa-POR) depois Bismarck (Vasco-RJ) aos 79’ e Branco (Porto-POR); Careca (Napoli-ITA) depois Bebeto (Vasco-RJ) aos 69’ e Muller (Torino-ITA) depois Renato Gaúcho (Flamengo-RJ) aos 76’. Técnico: Sebastião Lazaroni.
COMBINADO ESPANHOL: Abel Resino, (José Fernandez Perez) aos 46’, José Antonio Pizo Gomez, Francisco Ferreira, Luis Lopez Rekarte (Juan Sabas) aos 60’ e Miguel Soler; Juan Vizcaíno, Alfredo Santaelena, (Rafael Gordillo) aos 46’, Luis Milla e Marcos Alonso (Joaquín Parra) aos 60’; Gabriel Moya (Agustín Abadia) aos 46’ e Paulo Jorge dos Santos Futre. Técnicos: Javier Clemente e Felix Felines Barderas.



BRASIL 0 x 1 COMB. DA UMBRIA (ITA)
Data: 28 de maio de 1990.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Libero Liberatti, em Terni (Itália).
Público: 18.000 pagantes.
Árbitro: Sandro Cumpeletti (Itália).
Gol: Edoardo Artistico 5'.
BRASIL: Taffarel (Internacional-RS), Mozer (Olympique Marselha-FRA), Mauro Galvão (Botafogo-RJ) e Ricardo Gomes (Benfica-POR) depois Ricardo Rocha (São Paulo-SP) aos 70’; Jorginho (Bayer Leverkusen-ALE), Alemão (Napoli-ITA), Dunga (Fiorentina-ITA) depois Silas (Sporting Lisboa-POR) aos 46’, Valdo (Benfica-POR) depois Bismarck (Vasco-RJ) aos 75’ e Branco (Porto-POR) depois Mazinho (Porto-POR) aos 78’; Careca (Napoli-ITA) depois Romário (PSV Eindhoven-HOL) aos 68’ e Muller (Torino-ITA) depois Bebeto (Vasco-RJ) aos 68’. Técnico: Sebastião Lazaroni.
COMBINADO DA UMBRIA: Graziano Vinti (Gianluca Riommi) aos 75’, Silvestro Rossi, Simone Altobelli e Giulio Forte (Cesare Cipelli) aos 70’; Arcangelo Sciannimanico (Mirko Taccola) aos 22’, Alessio Del Piano, Giovanni Battista Luiu, Roberto Borrello (Luca Di Matteo) aos 65’ e Carlo Valentino; Edoardo Artistico (Lica Guinchi) aos 80’, Borrello (Di Matteo) aos 65’ e Vittorio Cozzella (Giorgio Eritreo) aos 31’. Técnico: Claudio Tobia.



BRASIL 1 x 2 RESTO DO MUNDO
Data: 31 de outubro de 1990.
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Giuseppe Meazza, em Milão (Itália).
Público: 75.000 pagantes.
Árbitro: Túlio Lanese (Itália).
Gols: Michel 36’, Hagi 50’, Neto 60’.
BRASIL: Sérgio (Santos-SP) depois Ronaldo (Corinthians-SP) aos 57’; Gil Baiano (Bragantino) depois Bismarck (Vasco-RJ) aos 57’, Paulão (Cruzeiro-MG), Adílson (Cruzeiro-MG) depois Cléber (Atlético-MG) aos 46’ e Leonardo (São Paulo-SP) depois Cássio (Vasco) aos 57’; César Sampaio (Santos-SP), Donizete Oliveira (Grêmio-RS) depois Luís Henrique (Bahia) aos 61’, Cafu (São Paulo-SP) e Pelé (sem clube) depois Neto (Corinthians) aos 43’; Charles (Bahia-BA) depois Valdeir (Botafogo-RJ) aos 51’ e Rinaldo (Fluminense-RJ) depois Careca Bianchezzi (Palmeiras-SP) aos 51’. Técnico: Paulo Roberto Falcão.
RESTO DO MUNDO: Sérgio Goycoechea (Michel Preud’Homme) aos 19’ (Thomas N’Kono) aos 46’ (René Higuita) aos 68’; Leo Clijsters (Emmanuel Kunde) aos 46’, Júlio César Silva, Oscar Ruggeri (Sergej Alejnikov) aos 46’, Hugo Eduardo De León (Lajos Detari) aos 46’; José Miguel Michel (Gabriel Calderón) aos 46’, “Alemão” Ricardo Rogério de Brito (José Basualdo) aos 46’, Rafael Martín Vasquez (Gheorge Hagi) aos 46’ e Carlos Ancelotti (Enzo Francescoli) aos 19’; Marco Van Basten (Histro Stoichkov) aos 19’ e Roger Milla (“João Paulo” Sérgio Donizeti Luiz) aos 46’. Técnico: Franz Beckenbauer.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)