Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/10/2005 08:26

Seis agentes federais são presos por desvio de drogas

Humberto Marques/Campo Grande News

O escrivão Fábio Kahir acusou seis agentes da DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) da Polícia Federal do Rio de Janeiro/RJ e um informante de participarem de uma quadrilha que desviava droga apreendida pela PF de morros cariocas, além de cometer outros crimes. O escrivão está preso e sob proteção policial, após denunciar o envolvimento de policiais federais de crimes. Segundo o jornal O Globo, em 2004, o grupo teria negociado por R$ 200 mil cerca de 50 quilos de cocaína, retirados da DRE com traficantes de drogas da Vila Vintém. O dinheiro teria sido repartido entre os policiais, sendo que o escrivão admitiu ter ganho R$ 30 mil no negócio.

Os seis policiais já estão presos, e seriam parte da equipe Alfa da DRE, grupo ao qual também foi atribuído o roubo de dinheiro e outros bens durante as operações da PF. Tais roubos, segundo Kahir, ocorreriam durante cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, e seriam prática comum e conhecida por outros oficiais da delegacia. Os policiais negaram as acusações. Já a Polícia Federal ainda não se pronunciou sobre o caso. Já o informante em questão seria morador de um morro do Rio de Janeiro, e teve uma irmã morta por traficantes. Ele está sendo procurado pela PF.

A existência da quadrilha de policiais foi admitida pelo delegado Paulo Lacerda, diretor-geral da PF, na semana passada, que atribui aos mesmos participação em roubos, arrombamentos e assassinatos. As acusações feitas por Kahir foram consideradas, ainda, um passo importante na apuração do roubo de R$ 2 milhões da delegacia da PF – ação que teria sido praticada pelo agente federal Marcos Paulo da Rocha, da Delegacia de Dia, com a ajuda de outro informante. O dinheiro, que ainda não foi encontrado, havia sido apreendido em setembro, durante a Operação Caravelas, que desbaratou uma quadrilha do tráfico internacional de drogas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)