Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/11/2004 13:44

Seguridade deverá inspecionar operação fiscal no MS

Agência Câmara

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou, nesta manhã, a inspeção de uma operação fiscal do Governo Federal no Mato Grosso do Sul. De acordo com a Proposta de Fiscalização 42/04, o governador Zeca do PT reclama que a operação, que vem sendo praticada em seu Estado, pode ter resultado na redução de verbas destinadas ao Sistema Único de Saúde (SUS).
De autoria do deputado Rafael Guerra (PSDB-MG), a PFC 42/04 recebeu parecer do relator, deputado Eduardo Paes (PSDB-RJ), pela inspeção.

Pagamento a empreiteiros
De acordo com a denúncia, contribuintes de ICMS, como a Petrobras, em vez de recolherem o imposto aos cofres do Tesouro local, como é feito normalmente em todo sistema tributário, estariam destinando o tributo devido diretamente para empreiteiros, fornecedores de obras do Estado, como forma para quitar obrigações do Governo para com tal prestadora de serviços.
Como os Estados têm uma obrigação legal de aplicar parcela dos tributos no SUS, se o contribuinte paga diretamente ao fornecedor do Estado o recurso correspondente deixa de ser escriturado como receita no orçamento. O deputado Rafael Guerra reclama que em conseqüência, a parcela de 12% que deveria ser aplicada compulsoriamente em saúde, supostamente não estaria sendo aplicada.



Reportagem - Patrícia Araújo
Edição - Regina Céli Assumpção


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)