Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/11/2006 07:17

Seguridade aprova passaporte gratuito para pobres

Agência Câmara

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara Federal aprovou na quarta-feira (8) o Projeto de Lei 5934/05, do deputado Marcelo Teixeira (PSDB-CE), que concede gratuidade na expedição de passaporte a quem se declarar pobre. De acordo com o texto, será considerado pobre quem afirmar essa condição - sob pena de pagar em dobro o valor do passaporte se for provado o contrário.
Atualmente, o Departamento de Polícia Federal cobra R$ 89,71 do interessado em tirar passaporte. Em caso de segunda via, se o requerente não apresentar o passaporte anterior, o valor cobrado será de R$ 179,42.

Poder aquisitivo
O relator da proposta, deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), considera que esses valores são elevados em relação ao poder aquisitivo da maioria dos brasileiros. Perondi argumenta que, para muitas pessoas, esse documento representa a possibilidade de acesso ao mercado de trabalho ou de crescimento pessoal e profissional no exterior.
"Não podemos ignorar essa realidade, pois conhecemos os níveis alarmantes de desemprego e de queda da renda do trabalhador brasileiro", afirma o relator.
Perondi ressalta, ainda, que a gratuidade do passaporte facilitaria o tratamento de doentes em busca de cura no exterior e as viagens dos atletas carentes que têm dificuldades para obter patrocínios. "O benefício poderia ser concedido nos mesmos moldes da assistência judiciária gratuita", avalia.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)