Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/07/2005 06:51

Seguridade aprova jornada máxima para fonoaudiólogos

Agência Câmara

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou ontem o Projeto de Lei 2192/03, do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), que fixa a jornada máxima de trabalho dos fonoaudiólogos em trinta horas semanais. A proposta foi aprovada com uma emenda do relator, deputado Homero Barreto (PTB-TO), que proíbe a redução de salário da categoria em contrapartida à limitação da jornada.
Para o relator, a fixação da jornada é necessária porque os fonoaudiólogos tratam pacientes com problemas graves, como bebês de alto risco, vítimas de enfermidades terminais, portadores de paralisia cerebral e de autismo. O contato com essas situações extremas, segundo o deputado, afeta o estado emocional do profissional, em especial pelo vínculo que estabelece com o paciente.

Profissão regulamentada
A profissão de fonoaudiólogo é regulamentada pela Lei 6965/81. De acordo com a legislação, a categoria é composta pelos graduados em faculdades de Fonoaudiologia, que atuam em pesquisa, prevenção, avaliação e terapia fonoaudiológicas na área da comunicação oral e escrita, voz e audição.
A lei não faz referência à jornada de trabalho desses profissionais.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado agora pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)