Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/10/2007 14:27

Segurança vota fim do limite de pena para crime hediondo

Agência Câmara

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado se reúne na quarta-feira (3) e pode votar o Projeto de Lei 1405/07, do deputado Rodovalho, que acaba com o limite de 30 anos de reclusão para condenados por crimes hediondos. O parlamentar explica que sua intenção é corrigir distorção criada com a declaração de inconstitucionalidade, pelo STF, de um dos parágrafos da Lei de Crimes Hediondos (8.072/90), que proibia a progressão de pena nos crimes hediondos.

Com a inconstitucionalidade do artigo sobre progressão de pena, o deputado argumenta que o limite de 30 anos é injustificável. Ele lembra que, nos demais tipos de crimes, o benefício de progressão da pena é calculado com base no total da condenação penal e não com base no limite do cumprimento da pena (30 anos).

Ou seja, no caso de condenação a 40 anos de reclusão para reincidentes em crimes comuns, o benefício da progressão de regime só poderá ser concedido após o cumprimento de 3/5 da pena, o que só ocorrerá após 24 anos do cumprimento da pena. No caso dos crimes hediondos, a atual redação da lei permite que o condenado tenha direito ao benefício já depois de 18 anos de reclusão. O projeto, segundo ele, visa corrigir essa distorção.

O relator, deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ) é favorável à proposta.

Porte de Armas
A comissão também pode votar o Projeto de Lei 7269/06, que autoriza agentes e guardas prisionais, agentes portuários e integrantes das escoltas de presos a portar arma de fogo fornecida pela corporação mesmo fora de serviço. O relator, deputado Guilherme Campos (DEM-SP), é favorável à proposta.

Os deputados ainda podem discutir as emendas ao Plano Plurianual 2008-2011.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)