Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/10/2015 11:15

Sedentarismo é porta de entrada para as doenças silenciosas

Portal Educação Física

 

Para algumas pessoas, praticar atividade física não é tão importante assim. No entanto, para outras ela é necessária, mas a falta de tempo, muitas vezes, dificulta o cuidado com a saúde.

Pesquisa realizada pelo Ministério do Esporte, em junho de 2015, revela que 45,9% da população brasileira têm hábitos sedentários, ou seja, 67 milhões de pessoas. De acordo com especialista, 150 minutos por semana de alguma atividade física, já é o suficiente para espantar o mal, que pode acarretar doenças silenciosas.

Mariana Moreira, 27 anos, moradora de Santo André, faz parte do grupo de pessoas que não se interessam por qualquer exercício físico. Ela diz que desde quando era criança nuca praticou nenhum tipo de atividade, a não ser quando sua mãe a inscreveu em um curso de balé. “Eu era gordinha quando pequena e minha mãe queria que eu fizesse alguma atividade. Como nunca tive interesse em nada, ela acabou me colocando no balé. Eu gostava mais das pessoas, do que da atividade”, explicou.

Mariana confessa também que não leva uma vida muito saudável. Não segue uma dieta específica e diz estar feliz deste modo. “Sei que não levo a vida mais saudável do mundo, mas não me preocupo muito com isso. Fiz alguns exames um tempo atrás e está tudo dentro da normalidade”, contou.

A jovem faz parte de uma faixa etária onde a prática de atividade física é importante. É entre os 25 e 35 anos que o corpo está no ápice das adaptações fisiológicas, já que o metabolismo desacelera a partir do momento que começamos a ficar mais velhos.

Segundo a professora de Educação Física da Escola de Saúde da Uscs (Universidade de São Caetano), Denise de Oliveira Alonso, a falta de atividade é fator determinante para aparição de doenças silenciosas e que afetam a saúde a longo prazo, como diabetes, pressão alta e osteoporose.

Denise simplifica que sair do sedentarismo não exige muito, já que apenas 150 minutos por semana bastam para que o quadro não faça parte do cotidiano. “Apenas 30 minutos de atividade por dia podem ser divididos da maneira que o praticante quiser. Quinze minutos de manhã e 15 à noite ou 10 minutos três vezes por dia. O importante é fazer algo que goste”, explicou a professora.

Denise também ressalta que o sedentário tem que adotar um estilo de vida mais ativo. “Ao invés de utilizar o elevador, tente usar as escadas. Evite ficar muito tempo assistindo televisão. Vá ao mercado a pé. São pequenas coisas que podem tirar a pessoa do sedentarismo exacerbado.”

O redator Carlos Henrique Dias, que vive em Utinga, em Santo André, disse que não encontra condição para a prática de atividade física, pois leva muito tempo se deslocando entre o trabalho e sua residência. “Gostaria de fazer alguma coisa, mas devido ao serviço, estou sem tempo”, contou.

A professora Denise lembra também que não é aconselhável iniciar atividade de um dia para o outro, sem que haja algum preparo. “Não é produtivo e é prejudicial. Não adianta ir para a academia aos fins de semana e se matar de fazer exercícios, se nos outros dias não faz atividade alguma. Em uma semana sem atividade, o corpo perde todos os benefícios que ganhou”.

Para sair de uma vez do sedentarismo que acompanha grande parte da população brasileira, a professora dá a dica de experimentar atividades diferentes, até encontrara alguma que agrade, assim como contar com a companhia de amigos e sempre buscar iniciar as atividades e maneira leve, porém constante.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)