Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/09/2007 05:40

Secretário Nacional de Justiça quer investigar futebol

José Carlos Mattedi /ABr

O novo secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, disse ontem (10) que as organizações criminosas, nacionais e internacionais, só sentem a ação do Estado quando são atingidas em suas estruturas financeiras, e que esta será uma das principais metas da secretaria.

“As prisões não servem para desestruturar a atividade criminosa, pois as pessoas são substituídas. Vamos atacar os criminosos na questão financeira, desarticulando-os”, afirmou, após a solenidade de posse no Ministério da Justiça.

Segundo ele, o futebol é um dos principais focos de lavagem de dinheiro. “É um novo caminho para a ação do crime organizado com a lavagem de dinheiro. O futebol, hoje, não tem muitos parâmetros: até na venda de jogadores, os preços não têm referência. Vamos ter uma ação pesada nesta área, vamos extirpar as facilidades que permitem incentivos à lavagem de dinheiro”, enfatizou.
Tuma Júnior comentou ainda "a audácia de magnatas do crime transnacional, que chegam ao absurdo de comprar times de futebol para lavar o dinheiro sujo”. E acrescentou: “Essa lavagem de dinheiro por meio dos esportes de massa surge como uma nova modalidade criminosa internacional e já merece uma profunda reflexão e uma enérgica ação por parte das instituições brasileiras”.

O combate às organizações criminosas e a recuperação de ativos “serão metas a serem perseguidas cotidianamente”, por meio do entendimento nacional e da cooperação internacional, anunciou o novo secretário, que é filho do senador Romeu Tuma (DEM-SP), tem 47 anos e é delegado da Polícia Civil de São Paulo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)