Cassilândia, Terça-feira, 28 de Março de 2017

Últimas Notícias

17/01/2016 09:30

Secretário diz que Estado pode montar pontes móveis para escoamento da safra

Campo Grande News

O Governo do Estado pode recorrer a instalação de pontes móveis, em regiões produtoras, onde as chuvas provocaram estragos, para garantir o escoamento da safra de soja que começa ser colhido em até 40 dias.

Segundo levantamento da a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), o Estado tem 43 pontes destruídas e 24 danificadas e não há tempo, nem recursos disponíveis, para reconstruir as pontes até o início da colheita. A previsão é de que o Estado colha nesta safra 7,4 milhões de toneladas do grão.

Segundo o secretário de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas, que se as chuvas continuarem com a mesma intensidade das últimas duas semanas, há risco de redução da produtividade de soja, que começa a ser colhida nos próximos 40 dias.

Se não houver um período de estiagem aumentarão as dificuldades para o controle das pragas na lavoura, o que pode impactar diretamente na produtividade. "Se as chuvas continuarem depois do dia 20, os produtores terão prejuízos qualitativos e quantitativos, pois a soja começará a arder e perder qualidade. A persistência do clima chuvoso num solo saturado causa o encharcamento", explica o secretário.

O grande número de áreas com algum grau de inundação é outro problema decorrente do excesso de chuva. As situações mais graves são em Amambai, Aral Moreira, Ponta Porã e Laguna Caarapã. Nestes municípios muitos produtores estão abrindo valetas para drenar as lavouras do excesso de água.

“Quando as plantas recebem água em excesso, elas encerram o seu ciclo antecipadamente, o que pode resultar em uma colheita abaixo de esperado, com grãos menores e com menos peso, e interferir nos números de produtividade”, explica Lamas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)