Cassilândia, Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021

Últimas Notícias

18/02/2013 12:44

Secretaria de Saúde de Dourados investiga morte de médico por dengue hemorrágica

Paula Maciulevicius, Campo Grande News
Munir tinha 66 anos e morreu neste domingo em Dourados. Conforme a Prefeitura, Munir estava internado e o quadro de saúde era grave. (Foto: Divulgação)Munir tinha 66 anos e morreu neste domingo em Dourados. Conforme a Prefeitura, Munir estava internado e o quadro de saúde era grave. (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Saúde de Dourados já coletou o material e encaminhou para análise em Campo Grande do médico Munir Faker, 66 anos, que morreu neste domingo com suspeita de dengue hemorrágica.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura é prematuro afirmar que a morte foi em decorrência da doença e que não há nenhuma confirmação de que a causa seja dengue hemorrágica ou de qualquer outro tipo.

Conforme a Prefeitura, Munir estava internado e o quadro de saúde era grave. Durante a internação ele teve uma grave infecção e sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral). A Prefeitura informou ainda que não teve acesso ao atestado de óbito de Munir, mas afirma a possibilidade do AVC ter sido a causa da morte.

Munir era filho dos pioneiros Hayel Bon Faker e Carmem Soares Faker. Segundo o jornal Dourados Agora, o corpo está sendo velado no Memorial Primavera e o sepultamento está previsto para acontecer às 16 horas desta segunda-feira, no Cemitério Santo Antônio de Pádua.

O último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Dourados, mostra que o índice de casos de dengue continua abaixo da média estadual. No ranking de incidência, o município ocupa a posição 52 de 78, e até então, não havia apresentado nenhum caso de hospitalização, óbito ou agravamento pela doença.

O prazo para resultado do exame, de acordo com a Prefeitura de Dourados, é de 10 dias.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 20 de Janeiro de 2021
Terça, 19 de Janeiro de 2021
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)