Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/09/2005 08:32

Secretaria de Saúde apoia projeto de Luizinho

Aline Avancini

O projeto do deputado estadual Luizinho Tenório (PL) – que prevê a realização de vasectomia gratuita em hospitais públicos e conveniados de Mato Grosso do Sul – foi aprovado durante a sessão de ontem na Assembléia Legislativa.

O procedimento cirúrgico realizado em homens, assim como a laqueadura em mulheres, objetiva o controle da natalidade. No entanto, o projeto prevê técnica cirúrgica apenas em homens com idade superior a 25 anos e que tenham pelo menos dois filhos.

De acordo com o parlamentar, a proposta vem para complementar lei Nacional, já em vigor.“Temos o aval do Ministério da Saúde, além do apoio do secretário de Estado de Saúde, Matias Gonsales”. Para Luizinho, a proposta também deve receber o aval do Poder Executivo no Estado. “Em conversa com a primeira dama, dona Gilda e como o governador José Orcírio dos Santos, eles se mostraram favoráveis ao projeto. Acredito que será sim sancionado pelo governador”, disse.

Secretaria de Saúde- O secretário de Estado de Saúde apoia a possibilidade de a esterilização masculina (vasectomia) ser realizada também pela Rede Pública de Saúde em Mato Grosso do Sul, ponderando que esta proposta “poderá ocasionar redução nos gastos com esse tipo de procedimento de planejamento familiar, em todo o Estado”. Isso porque a técnica de esterilização através do Sistema único de Saúde (SUS), até agora, só é realizada em mulheres, sendo o procedimento cirúrgico (laqueadura) mais oneroso do que em homens.

Matias ressaltou ser a vasectomia uma técnica “bem mais barata” do que a feminina. O deputado também explicou que a intervenção é indolor e não prejudica a função sexual. “De acordo com os médicos, em uma hora o homem está liberado para ir para casa, ao contrário da mulher, que tem uma recuperação bem mais demorada”, esclareceu.

Segundo o secretário de Saúde, essa seria uma “ótima oportunidade para inserir os homens nesse trabalho de controle da natalidade, através da Rede Pública de Saúde”. “Os homens já são resistentes a procurar a saúde como prevenção. Esse seria talvez um caminho que contribuiria para essa prática”, acrescentou Matias. A proposta, de acordo com Luizinho, está assegurada pela Lei Federal nº 9.263, de janeiro de 1996, e para Matias “enquadra-se perfeitamente na portaria do Ministério da Saúde que trata da questão”.

Conforme o secretário, a legislação estadual específica para esse tipo de procedimento dará suporte às ações federais que estão sendo realizadas. “Estamos implantando a vasectomia nos hospitais Regional, Universitário e a Maternidade Cândido Mariano. Uma política estadual viria contribuir para o processo”, afirmou. Diante desta posição da Secretaria de Saúde, Luizinho acrescentou que “essa lei estadual poderá trazer, ao invés de mais ônus ao orçamento da Saúde Pública, uma considerável economia nas despesas já existentes”, uma vez que o custo médio de uma vasectomia é de R$ 300, enquanto que a de uma laqueadura é de pelo menos R$ 2mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)