Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/04/2015 10:29

Secretaria de Educação apura suposta falsificação de diploma em escola estadual

Hélio de Freitas, Campo Grande News

A Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul apura denúncias de uma suposta falsificação de diplomas de conclusão do ensino médio envolvendo uma escola da Rede Estadual de Ensino de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Uma comissão formada por técnicos e assessores jurídicos da secretaria esteve ontem na cidade para ouvir as pessoas citadas na denúncia, mas a sindicância continua em andamento.

A denúncia envolve a Escola Estadual Ministro João Paulo dos Reis Veloso, localizada no Jardim Tropical, região oeste da cidade e uma das mais tradicionais de Dourados.

O caso começou a ser apurado após uma denúncia anônima revelar que pelo menos duas pessoas, uma delas supostamente servidora da escola teriam falsificado o certificado para ajudar um parente a conseguir emprego em uma empresa de serviços terceirizados sem concluir o ensino médio. A fraude envolveria o uso de carimbos falsos e assinaturas de servidores lotados na escola.

A Secretaria Estadual de Educação confirma que um processo administrativo foi instaurado para apurar as denúncias e que ontem houve uma reunião na própria escola, com a presença de servidores do estabelecimento de ensino e os integrantes da comissão enviada a Dourados.

O diretor da escola, José Carlos Severiano de Souza, afirma que os fatos denunciados não procedem. "Os nossos advogados constataram que o carimbo não foi feito na escola Reis Veloso, onde não existe o documento original. As assinaturas do então diretor naquela época [de janeiro de 2013] não conferem, assim como carimbo. A pessoa citada como secretária, no papel, não confere com servidora que exercia a função na época", afirmou ele ao site Douradosagora

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)