Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

15/08/2005 06:54

Secretaria condena fundo patrocinado por Furnas

Paula Menna Barreto - Agência Brasil

O fundo de pensão patrocinado pela empresa Furnas, Real Grandeza - Fundação de Previdência e Assistência Social, foi condenado por aplicações financeiras irregulares pela Secretaria de Previdência Complementar (SPC), do Ministério da Previdência.

Segundo a SPC, os dirigentes da fundação foram negligentes e imprudentes e, violaram ainda os limites de aplicação financeira em uma única istituição – nesse caso, o Banco Santos.

Foram condenados à pena máxima na esfera administrativa, inabilitação por dez anos para exercício de cargo em entidade de previdência, seguradora e no serviço público, o diretor de investimentos, Jorge Luiz Monteiro, e o gerente de investimentos, Benito Siciliano.

Em novembro de 2004 a empresa tinha R$ 151 milhões em aplicações financeiras no Banco Santos. Como o banco foi liquidado, deixando de funcionar no sistema financeiro, as aplicações foram computadas como perdas para a entidade.

A SPC informa ainda que as penas são decorrência de criteriosa investigação inciada em julho do ano passado e que assegura o direito de defesa dos envolvidos.

Com informações da Secretaria de Previdência Complementar

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)