Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

05/01/2005 13:22

Sebrae: advogado de Peró diz que a eleição será até 21

Cadu Bortolotto

O advogado Valeriano Fontoura, que defende os interesses da chapa encabeçada pelo professor Manoel Peró à presidência do SEBRAE, disse que as eleições para definir a nova diretoria devem acontecer até o dia 21 de janeiro, e não nesta sexta-feira, dia 7, como vem sendo divulgado pela Assessoria Jurídica da instituição.

- A decisão da juíza Elizabete Anache, proferida em 30 de dezembro na Ação Declaratória movida pela chapa do professor Peró, estabelece que a convocação do pleito deve ser feita até 6 de janeiro e a votação quinze dias após essa data, ou seja, o dia 21 de janeiro. Assim estará se respeitando outra resolução da Justiça, baixada em 22 de dezembro pelo juiz Flávio Peron, que declarou a nulidade da votação realizada no dia 18 de novembro , reconheceu a legitimidade da posse de Manoel Peró e de Dagoberto Nogueira no Conselho Deliberativo do Sebrae e estabeleceu o prazo de 15 dias ( que vence nesta quinta-feira ) para convocação do pleito e não para a votação – explicou Fontoura.

O advogado lembrou que a juíza Elizabete Anache deu um prazo de 24 horas, a contar da publicação de sua decisão no Diário Oficial ( o que ocorreu nesta terça-feira), para que as partes envolvidas na disputa cheguem a um acordo em relação ao nome que vai conduzir o processo eleitoral no SEBRAE. Esse prazo vence às 18h desta quarta-feira.

- Como não existe possibilidade de acordo entre as partes, a Justiça indicará nesta quinta-feira, 6 de janeiro, alguém de sua confiança para conduzir o processo e essa pessoa fará a convocação das eleições, respeitando o prazo de 15 dias determinado pela resolução baixada em 22 de dezembro – esclareceu.

Valeriano Fontoura disse que a Assessoria Jurídica do Sebrae, por delegação do ex-presidente Léo Brito, induz os conselheiros e a opinião pública a erro ao convocar a votação para o dia 7.

- O sr. Léo Brito não dirige os destinos do SEBRAE desde o 31 de dezembro, quando acabou o mandato dele. Portanto nem ele, nem ninguém em nome dele pode convocar novas eleições. A decisão da juíza Elizabete é clara. Ou as duas chapas envolvidas na disputa chegam a um acordo sobre um nome para presidir o processo eleitoral, o que está descartado, ou então a própria Justiça indica esse nome, o que deve acontecer nesta quinta-feira – concluiu Fontoura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Outubro de 2017
Terça, 17 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)