Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/05/2004 11:09

Saúde: pesquisa para definir prioridades termina quinta

Agência Saúde

Termina na próxima quinta-feira (6), o prazo para que os interessados em contribuir com a consulta pública da Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde enviem suas contribuições ao site do Ministério da Saúde. A Agenda é uma estratégia que visa a aumentar a capacidade de indução de pesquisa voltada para a melhoria das condições de saúde da população. Para participar, basta acessar o endereço da consulta pública, () e clicar em Decit-SCTIE.

A consulta pública pretende obter contribuições da população brasileira e, principalmente, dos usuários dos serviços de saúde e de trabalhadores do setor, para o aprimoramento e ampliação de prioridades.

As contribuições apontadas constarão no relatório final da Agenda de Prioridades de Pesquisa em Saúde, a ser apreciado na 2ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde, que acontecerá no segundo semestre deste ano. “Assim, a opinião de todos os segmentos sociais será considerada”, explica o diretor do Decit, Reinaldo Guimarães.

“Na metodologia de construção da Agenda, definiram-se, primeiro, sub-agendas de prioridades, que consideraram diversos campos do saber. Depois, para cada sub-agenda, identificaram-se, em seminário realizado em 2003, temas prioritários de pesquisa”, explica Guimarães.

Prioridade - O Ministério da Saúde defende atenção especial à pesquisa em Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde. Apenas para financiar pesquisas diversificadas na área de saúde, o Governo Federal disponibilizará, este ano, cerca de R$ 67 milhões do Orçamento Geral da União. Os números foram divulgados pelo ministro Humberto Costa.

Ele explica que as pesquisas incluem desde setores de alta tecnologia, como células-tronco para transplante e outros tratamentos, até estudos aplicados à gestão, como controle de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) e melhoria da qualidade no atendimento.

O Ministério da Saúde pretende atuar em sintonia com a pasta da Ciência e Tecnologia, mas quer concentrar a coordenação das ações ligadas ao avanço tecnológico do setor.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)