Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/11/2014 15:23

Saúde lança sistema para acompanhar pacientes com doença sanguínea

Agência Brasil

Na Semana Nacional do Doador de Sangue, o Ministério da Saúde lançou hoje o Hemovida Web, sistema informatizado para reunir informações sobre os pacientes que têm doença falciforme, enfermidade ligada ao sangue, e recebem tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é aprimorar o acompanhamento do tratamento dos pacientes.

No sistema serão registradas informações cadastrais clínicas sobre os medicamentos usados e eventuais complicações de saúde. Outra função do Hemovida Web é ter um registro de dados nacional que contribuirá para a elaboração de políticas públicas de saúde voltadas para os que tem doença falciforme.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, destacou a importância do sistema. “É uma ganho na qualidade da informação, do monitoramento desse pacientes e, portanto, os próprios pacientes e associações que militam nesse campo da anemia falciforme serão bastante beneficiados. Melhora a capacidade de planejamento e de acompanhamento dessas pessoas”.

Para aderirem ao Hemovida Web os hospitais e hemocentros precisam ter acesso à internet. A adesão dos gestores é feita por termo de confidencialidade de uso e adesão, de acordo com o Ministério da Saúde. Os órgãos que aderirem terão treinamento para conhecer a ferramenta. Progressivamente, eles abastecerão o sistema com informações. Antes do lançamento o sistema informatizado já estava em teste em São Paulo e na Bahia.

A estimativa do Ministério da Saúde é que, atualmente, 40 mil pessoas recebam tratamento para doença falciforme no SUS, em todo o país. A doença é hereditária e caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos. Os principais sintomas são anemia crônica, icterícia (cor amarelada na pele e olhos), mão e pés inchados e crises marcadas por dores nos músculos, ossos e articulações. O tratamento inclui o uso de medicamentos como ácido fólico, antibióticos e penicilina oral ou injetável.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)