Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

Últimas Notícias

21/02/2018 11:40

Saúde define estratégias para impedir avanço da dengue nos municípios goianos

Goiás Agora

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) adotou uma série de medidas a curto prazo com o objetivo de impedir o avanço da infestação do Aedes aegypti e dos casos das doenças transmitidas pelo mosquito em todo o Estado. Entre as ações a serem implementadas estão o fortalecimento da equipe responsável pela investigação das mortes suspeitas por dengue, a intensificação das visitas domiciliares em todo o território goiano, a distribuição de repelentes para a população de menor poder aquisitivo e a antecipação do repasse aos municípios de medicamentos necessários ao tratamento da dengue.

Estas e outras estratégias foram definidas durante reunião realizada na manhã desta última segunda-feira, dia 19, na sede da SES, da qual participaram representantes da Saúde Estadual e gestores dos oito municípios goianos apontados como de alto risco para a dengue. O coordenador-geral de Controle de Dengue da SES, Murilo do Carmo, informa que estão incluídos neste grupo as localidades com maiores índices de infestação pelo Aedes, maior número de casos da doença e maior contingente populacional. São os municípios de Acreúna, Caldas Novas, Iporá, Paranaiguara, Porangatu, Quirinópolis, Rio Verde e São Simão, localizados em diferentes regiões do Estado.

Durante o encontro também foi definida a disponibilidade do repasse de bombas costais aos municípios para combate ao Aedes, a distribuição de testes rápidos para o diagnóstico mais célere da dengue e a atuação incisiva das Vigilâncias Sanitárias Municipais nos imóveis que apresentam reincidência de focos do Aedes aegypti. A SES está também elaborando uma nota técnica definindo as ações a serem efetivadas nos municípios para o controle do Aedes.

O secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela, acentua que o combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya em todo o Estado exige uma ação de gestão ousada e a união de esforços dos representantes do Estado e dos municípios. Ele destaca que a ação Goiás contra o Aedes, desenvolvida em Goiás a partir do final de 2015, conseguiu diminuir de forma significativa os índices de infestação do inseto e os números dos casos de dengue em todo o território goiano.

Os dados da SES apontam que o número de casos confirmados de dengue diminuiu drasticamente nos últimos três anos. Em 2016, nas seis primeiras semanas do ano, foram confirmados 20.642 casos de dengue. Em 2017, no mesmo período, foram constados, por meio de exames clínicos e laboratoriais, 6.332 casos de dengue. Neste ano, a quantidade de casos confirmados despencou para 3.987 Mas é necessária vigilância constante para impedir a propagação das doenças transmitidas pelo mosquito. 

Força tarefa

A investigação das mortes por suspeita de dengue é feita pelo Comitê de Investigação de Óbitos de Dengue, composto por profissionais de diversas áreas da SES. A equipe sempre se reuniu uma vez por mês com o propósito de analisar e confirmar a causa das mortes. Para garantir a celeridade da ação, a SES desenvolverá uma força-tarefa, com a contratação de mais profissionais para reforçar a equipe e investigar o óbito de forma oportuna. A SES também orienta e supervisiona os municípios na realização das visitas domiciliares semanais.

O coordenador de Controle de Vetores da SES, Marcello Rosa, destaca que as visitas nos imóveis residenciais e comerciais têm o mérito de identificar e eliminar os focos do Aedes e, desta forma, evitar as doenças transmitidas pelo vetor. Tal fato, assinala, diminui a demanda de pacientes nas unidades de saúde e, como consequência, possibilita um atendimento mais efetivo e humanizado aos pacientes.

Testes rápidos

A SES distribuirá 75 mil testes rápidos aos municípios para a detecção dos casos de dengue, zika e chikungunya. Tal fato, explica Murilo do Carmo, é fundamental para a rapidez do diagnóstico e realização imediata do tratamento, o que contribui para a diminuição das mortes pela doença. Também serão distribuídos 178 mil frascos de repelentes para a prevenção da picada do Aedes. Inicialmente, segundo o coordenador-geral de Controle de Dengue, serão beneficiadas com o produto as pessoas cadastradas no programa Bolsa Família, que oficialmente têm menor renda.

Medicamentos

Entre os medicamentos a serem repassados aos municípios estão soro endovenoso, soro de reidratação oral, dipirona injetável e em comprimido, utilizados no tratamento da dengue e outras doenças relacionadas ao Aedes. O superintendente executivo da SES, Deusdedith Vaz, assinala que por meio desta ação a SES cumpre o papel de atuar de forma complementar, tendo em vista que a assistência básica é de responsabilidade do município.

A SES também irá orientar e incentivar os gestores municipais a realizar ações de vigilância sanitária nos domicílios para a identificação dos imóveis com reincidência de focos e adoção de medidas de punição. Constatada a reincidência, o responsável pelo imóvel é notificado, a corrigir a irregularidade. Caso a questão não seja resolvida, ele é intimado. Se o problema persistir, é expedido um auto de infração e instaurado processo administrativo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Junho de 2018
Domingo, 17 de Junho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
06:50
Dia de Sorte
Sábado, 16 de Junho de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)