Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

18/02/2009 22:51

Saúde de Dourados admite déficit profissional

Vinicius Konchinski , ABr

Dourados - O secretário-adjunto da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados (MS), Dilson Deguti Vieira, admitiu hoje (18) um déficit de médicos especialistas no Hospital de Urgência e Trauma (HUT) da cidade. Ciente das denúncias do presidente do Conselho Municipal de Saúde sobre a alta mortalidade dos pacientes da instituição, Vieira não confirmou os número citados por Alves, mas disse que a prefeitura pretende terceirizar a administração do HUT para melhorar o seu atendimento.

Segundo ele, o HUT deveria ter uma equipe de 18 a 20 médicos especialistas para atender melhor os 800 mil habitantes da região sul de Mato Grosso do Sul. Faltam cirurgiões, neurologistas e outros profissionais. “Dourados cresceu demais, tem muitos acidentes de trânsito e casos de violência, principalmente contra indígenas. O sistema de saúde está numa encruzilhada”, afirmou.


Vieira admitiu que os problemas de saúde na cidade são urgentes e, mesmo que a prefeitura de Dourados quisesse contratar todos os profissionais necessários, a situação não seria normalizada imediatamente. “Precisaríamos de três a quatro anos para os hospitais de Dourados atenderem todas as exigências do Ministério da Saúde”, disse.

A solução, segundo o secretário-adjunto, seria repassar a administração do HUT e também do Hospital da Mulher de Dourados para o Hospital Evangélico, uma instituição particular pertencente a uma entidade filantrópica. “A tendência no Brasil inteiro é terceirizar os hospitais, é deixar que os procedimentos mais complexos sejam realizados em instituições de excelência.”

Vieira disse que a prefeitura jé negocia um convênio de R$ 1,9 milhão mensais com o Hospital Evangélico. Segundo ele, até o dia 1º de março, a administração do HUT já deve ter sido repassada para o hospital privado.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)