Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/03/2016 18:00

Saúde confirma mais duas mortes por dengue em Dourados; MS já tem 7

Hélio de Freitas, Campo Grande News

Sete pessoas já morreram neste ano por dengue em Mato Grosso do Sul. Além dos cinco que já tinham sido confirmados até hoje cedo, Mais duas mortes ocorreram em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Entretanto, esses casos não ainda apareciam na estatística da Secretaria Estadual de Saúde porque foram informados há pouco pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Dourados.

“Fizemos a investigação e somente agora à tarde tivemos a confirmação de mais duas mortes por dengue em Dourados”, informou ao Campo Grande News o diretor da Vigilância Epidemiológica, Devanildo de Souza.

Segundo ele, a primeira morte por dengue na cidade ocorreu no dia 2 de fevereiro. A vítima da doença foi uma mulher de 95 anos, moradora na Vila Ubiratã. No dia 17, um homem de 77 anos, residente no João Paulo II, também morreu em decorrência da dengue. Essa morte já aparecia nos números estaduais.

A outra vítima da dengue na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul neste ano foi uma mulher de 44 anos, moradora no Jardim Márcia. Ela morreu no dia 24 de fevereiro.

Mais mortes em MS – Hoje de manhã foi confirmado que Pedro Guilherme Teodoro, 24, morto no dia 24 de fevereiro, no HU (Hospital Universitário) de Campo Grande, tinha a forma mais grave da dengue.

Outras três pessoas morreram neste ano de dengue na Capital – uma mulher de 33 anos, no dia 25 de fevereiro, uma criança de oito anos, no dia 12 de janeiro, e de uma adolescente de 16, morta no dia seguinte.

Epidemia – De acordo com o diretor da Vigilância Epidemiológica, de 1º de janeiro até agora existem 2.124 casos notificados de dengue em Dourados. Em dois meses o número já é quase 70% de todos os casos registrados em 12 meses de 2015 – 2.980.

Até agora são 895 casos confirmados de dengue neste ano na cidade. Também foram notificados 13 casos suspeitos de zica vírus e 12 de febre chikungunya, mas os resultados dos exames ainda não foram enviados pelo laboratório.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)