Cassilândia, Terça-feira, 04 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

30/06/2020 11:00

Saúde alerta para as doenças alérgicas durante pandemia

Sintomas são muito parecidos com os da Covid-19

Governo de Goiás
Saúde alerta para as doenças alérgicas durante pandemia

As doenças alérgicas vêm aumentando no mundo todo, inclusive, no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai), cerca de 30% da população brasileira têm algum tipo de alergia e, desse percentual, 20% são crianças.

O Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), do Governo de Goiás, alerta sobre esse problema, que tem apresentado maior complexidade e gravidade, principalmente agora, com a pandemia do novo coronavírus, ao juntar-se às estatísticas os casos da Covid-19 entre as doenças virais a serem prevenidas.

De 28 de junho a 4 de julho de 2020, ocorre a Semana Mundial da Alergia, que traz como tema: “Os cuidados com as alergias não param com a Covid-19”. Segundo especialistas, embora as alergias não sejam um fator de risco para contrair a doença, algumas delas podem se tornar um fator complicador para uma pessoa que contraia a Covid-19. Os asmáticos, por exemplo, podem ter maiores complicações respiratórias, caso sejam infectados pela Covid-19.

As doenças alérgicas podem se manifestar em todos os sistemas do corpo humano. Segundo a alergista e imunologista do HMI, Lorena Diniz, as mais comuns são as respiratórias (rinite, sinusite, asma) e cutâneas (dermatites, urticárias). Outras mais frequentes são as alimentares, alergias a medicamentos e picadas de insetos.

Sintomas

A médica esclarece que os sintomas da rinite e conjuntivite alérgicas são muito parecidos com os sintomas da Covid-19 e podem ser confundidos. Um exemplo é a perda do paladar e do olfato, que pode ocorrer numa crise de rinite e também na infecção por coronavírus. No entanto, se a pessoa estiver em tratamento, é preciso sempre seguir a orientação do alergista.

“Apesar de não estarem no grupo de risco, as pessoas que sofrem com doenças alérgicas devem ter cuidado redobrado nestes períodos de grande circulação de vírus respiratórios. O paciente deve manter a rinite e a asma sob controle”, ressalta.

Lorena destaca que, principalmente neste período, em que as alergias se manifestam com mais intensidade, deve-se, sobretudo, adotar medidas preventivas. “É importante manter o ambiente limpo, evitar contato com poeiras, ácaros, mofo, usar os medicamentos de forma correta e sempre consultar um especialista”.

Tratamento e prevenção

No caso do tratamento das doenças alérgicas durante a pandemia, o melhor é seguir as seguintes recomendações da Asbai:
• Antialérgicos: podem ser usados, conforme a orientação médica.
• Medicamentos inalados contendo corticosteroides (sprays para asma, sprays nasais): podem ser mantidos, conforme a prescrição médica.
• Corticosteroides orais: podem ser mantidos, com supervisão médica para possível revisão da dose.
• Imunoterapia alérgeno específica (vacina para alergia): pode ser mantida, devendo ser suspensa no caso do paciente contrair coronavírus.
• Imunobiológicos e imunossupressores: usados em algumas doenças, como na asma, urticária crônica, dermatite atópica. Podem ser mantidos, sob supervisão médica.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 04 de Agosto de 2020
Segunda, 03 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)