Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/12/2004 08:38

Sarney diz que trabalhos do Congresso encerram-se nesta quarta-feira

Agência Senado

O presidente do Senado, José Sarney, esclareceu nesta terça-feira (14) que o período de sessões ordinárias das duas Casas do Congresso Nacional encerra-se nesta quarta-feira (15), obedecendo ao preceito constitucional que prevê o fim dos trabalhos no dia 15 de dezembro. Haverá autoconvocação até o dia 23, mas somente para a votação do orçamento da União de 2005.

- Nesse período, só podemos votar o orçamento, por se tratar de convocação do Congresso Nacional. Não vamos ter sessões a partir desta quarta-feira, e vamos tentar votar nesta terça-feira e nesta quarta-feira; o que não for possível examinar, ficará para depois do recesso. Isso vale também para a Câmara - explicou.

Sarney confirmou que, caso não sejam votadas as medidas provisórias, o projeto que trata das parcerias público-privadas (PPPs) ficará para o ano que vem, e, mesmo na hipótese de uma convocação extraordinária, as MPs teriam que ser votadas primeiro. Na sua avaliação, há um saldo positivo dos trabalhos de 2004.

- Acho que nós fizemos tudo que estava na nossa pauta, restando apenas o projeto das PPPs, mas todas as outras matérias que nos propusemos aprovar nós aprovamos. O Senado contribuiu bastante para que o governo Lula pudesse implementar suas políticas públicas. O país contou com o Senado - disse.

Sobre sua conversa com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, Sarney disse: "ele foi muito enfático ao agradecer a ala do PMDB que ficou com ele e tem dado apoio ao seu governo, e disse que nós seremos os interlocutores do governo e que deseja estreitar cada vez mais relações com aqueles que no Senado e na Câmara o apóiam porque precisa desse apoio para fazer o governo que deseja".

O senador afirmou que a situação política do país é de tranqüilidade, e que as dificuldades internas do PMDB "são fatos que não abalam a estrutura do país nem a governabilidade".

- O país vai muito bem, vai crescendo; vamos fechar o ano com dois milhões de novos empregos, nossas exportações estão no alto, com saldo comercial extraordinário, vamos crescer este ano mais de cinco por cento, o que não se via há muito tempo, desde o meu governo não se crescia com essa taxa. O país vai bem, o governo vai muito bem, essas coisas da política são naturais em qualquer democracia - resumiu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)