Cassilândia, Sábado, 25 de Maio de 2019

Últimas Notícias

29/01/2019 09:00

São Sulpício Severo e São Constâncio

Redação

São Sulpício Severo nasceu em Agen, França, lá pelo ano 353. Aos 55 anos, separou-se da família, abandonou tudo, inclusive a brilhante profissão de advogado, para dedicar-se inteiramente a Deus. Muitos não o compreenderam, mas Bássula, sua sogra, o apoiou e o compreendeu tão bem, que lhe doou uma pequena propriedade onde ele pudesse viver de acordo com a sua vocação. Sulpício passou nesse lugar o resto de sua vida, compondo obras, correspondendo-se assiduamente com São Paulino de Nola, São Jerônimo e outras personagens célebres. A biografia feita por seu mestre e amigo, São Martinho, é o único documento histórico que temos sobre esse santo, que foi apelidado de o “convertedor da Gália” e a quem foram atribuídos muitos prodígios e milagres. Há sérias dúvidas quanto à data de sua morte.

São Constâncio foi um jovem cristão, notável pelo espírito de mortificação e penitência e pelo grande amor aos pobres. Aos 30 anos, foi chamado para assumir a Igreja de Perúgia, na Itália, função que desempenhou com fidelidade. Foi um pastor zeloso e cumpridor de suas deveres. Por se ter recusado a prestar culto aos ídolos romanos, o então imperador de Roma, Marco Aurélio, mandou prendê-lo e encerrá-lo em s termas que foram aquecidas até a temperatura mais alta. São Constâncio enfrentou esse suplício com serenidade, e o fato da alta temperatura não lhe ocasionar qualquer mal, deixou perplexos os guardas que o soltaram e lhe pediram que os instruísse na fé cristã. O fato irritou as autoridades romanas que o chamaram uma segunda vez, acusaram-no de haver pervertido os guardas e o condenaram a andar sobre carvão em brasa. Nenhum suplício, porém, o fez renegar sua fé em Jesus. Liberto milagrosamente, foi preso pela terceira vez e finalmente decapitado, por volta do ano 178.

A vida de São Sulpício Severo que teve a coragem de despojar-se de tudo para no estudo e na oração viver mais profunda e intimamente a experiência de Deus, e a de São Constâncio que fez a experiência de Deus em situação de perseguição e grande dor, nos ajudam a entender que Deus não nos deu bens e dons para serem guardados, mas partilhados. Riqueza e vida quando não divididas, terminam por se tornar um fardo sobre nossos ombros.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Maio de 2019
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)