Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/12/2009 08:50

São Silvestre: brasileiras correm por bicampeonato

Site da São Silvestre

Mais do que tentar quebrar a hegemonia estrangeira na prova feminina, que já dura dois anos com vitórias da queniana Alice Timbilili, em 2007, e da etíope Yimer Ayalew, em 2008, três atletas brasileiras estão inscritas na 85ª Corrida Internacional de São Silvestre, com um objetivo muito especial: Maria Zeferina Baldaia (2001), Marizete Rezende (2002) e Lucélia Peres (2006) buscarão o inédito bicampeonato feminino brasileiro.

A missão não será nada fácil. Afinal, em 34 edições femininas da São Silvestre (a primeira foi realizada em 1975), apenas cinco foram vencidas por brasileiras. Além de Zeferina, Marizete e Lucélia, só Carmen de Oliveira, em 1995, e Roseli Machado, em 1996, subiram ao ponto mais alto do pódio da tradicional competição paulistana.

As três corredoras não estão passando pelo melhor momento de suas carreiras, mas estão treinando bastante para reverter a situação na São Silvestre. Maria Zeferina Baldaia, que ficou em 11º lugar na Volta Internacional da Pampulha, está com problemas hormonais e não tem conseguido encaixar boas provas.

"Estou treinando muito bem e espero repetir na prova o que estou fazendo na minha preparação", comentou a corredora mineira, de 37 anos, bicampeã da Maratona de São Paulo (2001 e 2007) e campeã da Meia Maratona do Rio (2008), da Volta da Pampulha (2001) e da Meia Maratona de Stramilano (2008), na Itália.

Já a goiana Marizete Rezende, vice-campeã da São Silvestre de 2007, ficou em 15º lugar na Pampulha, perdendo a liderança do Ranking de Corredores de Rua de 2009 para Marizete Moreira dos Santos.

"Estive muito perto do bi em 2007 e estou me preparando para correr melhor no final do ano. Usei a Pampulha apenas como uma fase de minha preparação", comentou a atleta de 34 anos, campeã da Maratona de São Paulo de 2001 e da Meia Maratona do Rio de Janeiro de 2006.

Já Lucélia Peres foi a melhor das três na Pampulha, ficando em oitavo lugar na prova de 17,8 km, depois de muito tempo afastada por causa de uma contusão no pé. "Estou melhorando de semana para semana e acho que estarei bem melhor na São Silvestre", afirmou a corredora de 28 anos, medalha de bronze dos 10.000 metros no Pan-Americano do Rio de Janeiro, além de tricampeã da Pampulha.

A prova deste ano terá os seguintes horários de largada: 15h00 - cadeirantes e handcycle (masculino e feminino); 15h05 - outras categorias de atletas com deficiência; 16h30 - elite feminina; e 16h47 - elite masculina e demais categorias. O percurso é o mesmo das últimas temporadas, com total de 15 quilômetros. A largada será dada em frente ao Masp (Avenida Paulista, 1578) e a chegada ocorrerá em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero (Avenida Paulista, 900).

Os kits, compostos de camiseta da competição, do manual do atleta e do número de peito, além do chip, serão entregues nos dias 27, 28 e 29, das 9 às 19 horas, e no dia 30, das 9 às 17 horas. O material não será entregue no dia da prova, nem após a mesma.

A São Silvestre é uma realização da Fundação Cásper Líbero e promoção da Gazeta Esportiva Net e Rede Globo. A prova tem patrocínio da Caixa, Wizard, Oi e Sedex, com apoio de HCor, Montevérgine, Sabesp, Gatorade e Café 3 Corações, e apoio especial do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura de São Paulo. A supervisão é da CBAt, FPA, IAAF e AIMS.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)