Cassilândia, Terça-feira, 21 de Maio de 2019

Últimas Notícias

08/03/2019 09:00

São João de Deus

Redação

São João de Deus nasceu com o nome de João Cidade, em 1495, em Portugal. Sonhador e sequioso de novidades, aos oito anos fugiu de casa e foi para Oropesa na Espanha onde chegou cansado e extenuado. Foi acolhido por um rico proprietário que o tomou para seu serviço, primeiro como pastor, depois como administrador, e por fim como homem de sua total confiança, à frente de seus negócios. Um dia a filha do patrão enamorou-se dele, mas apesar do casamento ser de pleno consentimento do pai, João percebeu que não era exatamente aquilo que ele queria. Resolveu, então, deixar o emprego e alistar-se para lutar contra os franceses. Essa foi a primeira de suas muitas aventuras militares. São João de Deus viajou por vários países e por onde andou, fez de tudo. Foi camponês, pastor, soldado, mascate, trabalhador braçal, enfermeiro, livreiro e santeiro, correndo muitas vezes risco de vida. Ao voltar da África, resolveu estabelecer-se em Granada, na Espanha, onde montou uma pequena livraria. Um dia, ao ouvir um sermão de São João d’Ávila sobre o mártir São Sebastião, sentiu-se de tal modo tocado e arrependido dos pecados que decidiu vender tudo o que possuía, distribuir o dinheiro com os pobres e viver de esmolas. Algumas pessoas, achando que ele havia enlouquecido, o internaram num hospício. No manicômio experimentou na própria carne o tratamento desumano ao qual eram submetidos os doentes mentais. Tão logo saiu do hospício, São João de Deus, sempre orientado por São João d’Ávila, passou a cuidar dos pobres e desvalidos. Com as esmolas e doações recebidas, construiu um amplo hospital em Granada onde os doentes eram tratados como seres humanos. Mais tarde alguns colaboradores se juntaram a ele, e assim nasceu a Ordem dos Irmãos Hospitaleiros. Quando morreu, em oito de março de 1550, toda a cidade de Granada chorou aquele que havia sido um exemplo de humildade e caridade. Foi canonizado em 1690. É o patrono dos hospitais católicos e, juntamente com São Camilo Lélis, padroeiro dos enfermeiros católicos e de suas associações.

Hoje, como no passado, também são taxados de visionários e loucos os que repartem o que possuem com os necessitados, os que ousam pôr sua segurança em Deus e não no dinheiro, os que tratam os doentes pobres com respeito e decência. Mas são exatamente esses loucos, e não os sãos, que vão curar o mundo. De fato, só quando o mundo enlouquecer de amor por Deus, ele terá chance de curar-se do egoísmo, a mais cruel, desumana e mortal das doenças.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
Segunda, 20 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
08:46
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)