Cassilândia, Segunda-feira, 22 de Abril de 2019

Últimas Notícias

28/02/2019 09:00

São Daniel Brottier

Redação

Daniel Brottier nasceu na França, no dia 7 de setembro de 1876. Após se ter ordenado sacerdote, entrou para a Congregação do Espírito Santo, também conhecida como Congregação dos Padres Espiritianos. Em 1902 partiu como missionário para o Senegal, na África. Sete anos depois, em virtude de problemas de saúde, voltou definitivamente para a França. Quando explodiu a primeira guerra mundial, ele se alistou como capelão militar e, por quatro anos, esteve na linha de frente, transportando feridos, confortando os moribundos e prestando assistência espiritual aos soldados franceses. Em 1923, assumiu a direção da Casa dos órfãos Aprendizes de Auteil, uma obra que prestava assistência a rapazes abandonados e carentes, e foi a essa obra que seu nome ficou mais ligado. No início eram apenas 175 jovens aprendizes, mas quando Daniel morreu, 13 anos mais tarde, o número já era de 1400 jovens. Para manter esse trabalho, ele fazia questão de dispensar toda ajuda humana, contando apenas com a ajuda da Divina Providência. Costumava dizer: “Se Deus quer a Obra, que lhe envie o dinheiro de que precisa”. E a ajuda nunca deixou de chegar. De personalidade forte, bondoso mas firme, humilde mas corajoso, São Daniel Brottier usou os meios mais criativos para realizar seus projetos, como por exemplo a Catedral-Monumento de Dakar e a União Nacional dos Antigos Combatentes. Conseguiu, como poucos, harmonizar oração e ação. Por dentro foi um monge, um contemplativo; por fora foi um homem de empresa. Mas, em tudo e em todos os momentos, foi uma pessoa de Deus. Empreendedor, mas inteiramente aberto à ação do Espírito Santo, Daniel foi realmente um homem desse nosso tempo. Morreu no dia 28 de fevereiro de 1936 e em 25 de novembro de 1984 o Papa João Paulo II o declarou santo.

Hoje São Daniel Brottier, um homem de coração aberto para Deus, para as necessidades dos irmãos e as realidades do mundo, nos ensina que se a fé exige de nós momentos fortes de oração, exige igualmente gestos concretos de solidariedade e caridade. São Mateus na parábola do Juizo Final revela que a principal medida do julgamento não é a fé, mas o amor. “Em verdade, vos digo, todas as vezes que fizestes a um destes meu irmãos menores, a mim o fizestes”. Cristãos e não cristãos, todos seremos julgados pelo bem que fizemos ou deixamos de fazer ao nosso próximo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 22 de Abril de 2019
10:00
Receita do dia
Domingo, 21 de Abril de 2019
09:00
Santo do dia
Sábado, 20 de Abril de 2019
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)