Cassilândia, Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

Últimas Notícias

25/02/2012 20:54

Santos goleia Ponte Preta por 6 a 1

Depois da vitória sobre o Comercial na rodada anterior, o Santos voltou à Arena Barueri neste sábado (25) para enfrentar a Ponte Preta, pela 10ª rodada do Paulistão Chevrolet 2012, e com grande atuação, goleou por 6 a 1.

Com a vitória, o Peixe assumiu a terceira colocação provisória da competição, com 21 pontos, enquanto a Ponte Preta está com 15.

O Santos começou a partida pressionando a Ponte Preta. A primeira boa chance do Peixe veio aos 12 minutos. Neymar fez jogada de efeito no meio de campo e deu passe açucarado para Ibson, que bateu e parou na grande defesa de Lauro.

Dois minutos depois, após cruzamento da direita, Leandrão ficou na boa para abrir o placar para a Macaca, mas pegou mal na bola e mandou por cima do gol. Pouco depois, Borges arriscou da entrada da área e Lauro fez a defesa.

A pressão do time da Vila Belmiro deu resultado aos 27 minutos. Neymar recebeu de Juan e acertou um belo chute de fora da área, no canto direito de Lauro, para fazer o primeiro do Peixe na Arena Barueri.

Apesar da vantagem, o Santos seguiu comandando as ações ofensivas e, aos 34, Neymar fez uma graça com a bola e tocou para Borges, que girou em cima da marcação e foi travado na hora do arremate. Na sobra, PH Ganso só teve o trabalho de empurrar para as redes e ampliar para o Peixe.

Em seguida, Neymar avançou livre de marcação e deixou Borges na cara do gol, mas o atacante santista bateu para fora. Acuada, a Ponte Preta quase tomou o terceiro dois minutos depois. Neymar dominou a bola fora da área e soltou uma bomba, que passou tirando tinta do ângulo esquerdo de Lauro.

Na volta do intervalo, o técnico Gilson Kleina trocou Xaves por Willian Magrão, tentando dar mais mobilidade ao meio campo da Ponte Preta. A mudança deu resultado e logo aos sete minutos do segundo tempo, Uendel recebeu ótimo passe de Renato Cajá e bateu cruzado para diminuir para a Macaca.

Cinco minutos depois, o time da Vila Belmiro ampliou. Após cobrança de escanteio, Borges cabeceou para grande defesa de Lauro. No rebote, Guilherme tentou tirar e a bola bateu em Ferron para morrer no fundo das redes: 3 a 1.

Nem deu tempo para o time de Campinas assimilar o golpe. Dois minutos depois, Neymar cobrou falta na área e Edu Dracena desviou de cabeça para anotar o quarto do Peixe, para delírio dos torcedores santistas presentes na Arena Barueri.

Na sequência, aos 17, Cicinho fez falta dura em Neymar, tomou o segundo amarelo e foi expulso, deixando o time campineiro com dez jogadores. Aos 23, Neymar cruzou da direita, na cabeça de Edu Dracena, que testou firme, no cantinho, para fazer o quinto do alvinegro praiano.

Aos 25, a Ponte Preta ficou com nove jogadores em campo, com a expulsão de Guilherme, que chegou duro em Neymar e também foi para o chuveiro mais cedo. Depois, aos 32, Juan tocou para Ganso, que sem olhar, tocou para Neymar. O atacante santista ficou cara a cara com Lauro e tocou com categoria, por cima do arqueiro pontepretano para ampliar para o Peixe.

Aos 37, o pontepretano Renato Cajá pegou pesado para cima de Juan e foi expulso direto. Em seguida, Elano mandou um foguete de fora da área e a bola explodiu da trave direita de Lauro. A partir daí, o time praiano trocou passes no ataque e saiu de campo comemorando a vitória.

Na próxima rodada, o Santos terá pela frente o embalado Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas, enquanto a Ponte Preta encara o Botafogo, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Ficha técnica

Santos 6 x 1 Ponte Preta

Árbitro: Marcelo Rogério;
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo;
Assistentes adicionais: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza e Vinicius Furlan;
Quarto árbitro: Luciano Alves de Lima;
Local: Arena Barueri, em Barueri;
Data: 25 de fevereiro, às 18h30.

Santos: Rafael; Fucile (Crystian), Edu Dracena, Durval e Juan; Arouca, Henrique (Alan Kardec), Ibson (Elano) e PH Ganso; Neymar e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho.

Ponte Preta: Lauro; Guilherme, Ferron, Gian, e Uendel; Xaves (Willian Magrão), Cicinho, João Paulo e Renato Cajá; Rodrigo Pimpão (Enrico) e Leandrão (Gerson).
Técnico: Gilson Kleina.

Gols: Neymar (SAN), aos 27’ 1T e 32’ 2T, PH Ganso (SAN), aos 34’ 1T, Uendel (PON), aos 7’ 2T, Guilherme (PON) contra, aos 12’ 2T, Edu Dracena (SAN), aos 15’ e 23’ 2T.

CA: Durval, Neymar (SAN), Xaves, Cicinho, Guilherme (PON).

CV: Cicinho e Guilherme, Renato Cajá (PON).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 21 de Julho de 2017
Quinta, 20 de Julho de 2017
10:07
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Quarta, 19 de Julho de 2017
20:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)