Cassilândia, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

07/12/2018 09:00

Santo Ambrósio

Redação

Santo Ambrósio nasceu numa nobre família italiana, por volta do ano 339, em Treves onde seu pai exercia o cargo de prefeito das Gálias. Seu pai morreu muito cedo e a mãe, ao ficar viúva com três filhos, voltou para Roma. Ambrósio, que era o caçula, estudou Direito, seguiu a carreira diplomática e foi nomeado governador de Milão. Quando o bispo dessa cidade faleceu, ele foi indicado para ocupar o cargo, porque gozava de muita popularidade. Como pouco conhecesse a doutrina cristã e não se achasse preparado para receber o batismo, entregou-se com afinco ao estudo da Sagrada Escritura. Recebeu o batismo no ano 374. Tudo indica que neste mesmo ano, no dia sete de dezembro, ele foi ordenado presbítero e sagrado bispo. Santo Ambrósio era um intelectual, um homem prático, ponderado, enérgico, prudente e excelente administrador. Seu enorme senso de justiça era suavizado por uma igual caridade cristã. Soube conviver com o poder, mas nunca foi servil a ele. Foi o braço direito dos jovens imperadores Graciano e Valentiniano. Teodósio I o respeitava, Máximo lhe obedecia, e a mulher do imperador Valentiniano o temia. Contam que, quando Teodósio I, para conter uma revolta em Tessalônica, mandou matar adultos, velhos e crianças, inocentes e culpados, sem a menor distinção, Santo Ambrósio escreveu-lhe uma carta, repreendendo-o severamente e exigindo dele uma penitência pública, sob pena de não poder participar dos cultos na Igreja. Santo Ambrósio cuidou com muito zelo da comunidade a ele confiada. Gostava de fazer o povo cantar e compôs um bom número de hinos, introduzindo no Ocidente o canto alternado dos salmos. Os seus comentários exegéticos que mais tarde foram reunidos em volumes, deixam perceber a alma de um pastor amigo de seu rebanho, a quem se dirige com amável simplicidade. Ficou conhecido como “pai dos pobres e benfeitor de todos os oprimidos”. Santo Agostinho, seu ouvinte assíduo e talvez seu mais famoso discípulo, o chama de “apóstolo da amizade”. Ambrósio morreu em Milão no ano 397.

Para o mundo de hoje onde são notórios o servilismo para com os que ocupam cargos de mando, Santo Ambrósio ensina que o mal não está em dispor do poder ou conviver com ele, mas em lhe ser submisso, em deixar-se escravizar por suas propostas corruptas e indecentes, em utilizar-se dele para realização exclusiva de seus projetos pessoais, em vez de colocá-lo a serviço de uma nova ordem política, econômica e social.

VIANNA, Zélia (2005). Santidade Ontem e Hoje. Salvador: Paróquia de São Pedro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Terça, 11 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 10 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 09 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)