Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020

Últimas Notícias

10/12/2019 09:00

Santa Joana Francisca de Chantal

Redação

Santa Joana Francisca de Chantal nasceu na França em 1572. De família distinta e fina educação, casou-se com o Barão de Chantal. Mulher de oração, participava diariamente da missa que era celebrada na capela do palácio, ao lado das pessoas que nele viviam e trabalhavam, porém aos domingos preferia participar da celebração na paróquia, com a comunidade. Ocupava-se pessoalmente da educação religiosa de seus empregados e discretamente ajudava-os em suas necessidades. Esposa dedicada, quando o marido adoeceu gravemente, ela passava os dias à cabeceira de sua cama, e as noites, em oração na capela. O marido curou-se, mas pouco tempo depois faleceu, após ter sido acidentalmente ferido numa caçada. A jovem baronesa, viúva aos 28 anos de idade, passou então a viver longe do ruído da Corte, dividindo seu tempo entre a oração, o trabalho e a educação dos filhos. Em 1604 ela conheceu São Francisco de Sales, que era bispo de Genebra, e o tomou como seu orientador espiritual. Essa amizade deu um belo fruto: a Congregação da Visitação de Santa Maria, Ordem que Joana fundou com mais duas companheiras. Nove anos após a morte do marido, certa que a família já não precisava mais dela, resolveu entrar para o convento, entregando o jovem Barão de Chantal, então com 15 anos de idade, aos cuidados do avô materno, para que este o orientasse e administrasse seus bens. Joana foi uma pessoa extremamente provada pela morte. De 1617 a 1627, no espaço de apenas dez anos, ela viu morrer um genro, uma filha, seu pai espiritual, Francisco de Sales, e um filho, na luta contra os huguenotes. Quatro anos depois dessas mortes, morreram uma nora e um genro. Ela entretanto continuava firme na fé e não cessava de trabalhar na expansão da Congregação recém-fundada Joana Francisca morreu em Moulins, no dia 13 de dezembro, após grande agonia, e depois de haver recebido a Eucaristia e feito as últimas recomendações às suas religiosas. Morreu, pronunciando o nome de Jesus. Na ocasião a Ordem da Visitação já possuía 86 conventos.

Hoje, nesse mundo onde a família está virando artigo supérfluo, Santa Joana Francisca de Chantal que amou e cuidou de sua família, mas nela não se fechou, abrindo-se para as necessidades materiais, emocionais e espirituais de outros lares, nos faz um convite: valorizar a família, ajudá-la a tornar-se menos vulnerável aos apelos e perigos que a enfraquecem e até a destroem, vez que seu fortalecimento repercute favoravelmente não somente na vida da Igreja, mas também no conjunto da vida da sociedade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 28 de Janeiro de 2020
15:42
Maternidade
Segunda, 27 de Janeiro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)