Cassilândia, Sábado, 25 de Maio de 2019

Últimas Notícias

09/04/2019 09:00

Santa Cacilda

Redação

Cacilda era filha do rei mouro de Toledo, Almancrin, que foi o homem mais poderoso e rico de sua época. Seu reino se estendia por toda a região de Toledo, de Guadarrama, ao norte, até Serra Morena, ao sul. Nas suas arcas estavam guardados os tesouros fabulosos que causaram admiração no Oriente. Todo esse poder e toda essa riqueza estavam à disposição de Cacilda, sua filha. Tamanha fortuna, contudo, não satisfazia o espirito da jovem que procurava alegria e conforto, na companhia dos cristãos que gemiam e sofriam, presos nos subterrâneos da grande fortaleza do reino. Uma lenda que, embora não tenha a validade de um fato histórico serve para colocar à mostra o coração bondoso de Cacilda. Narra que um dia, ao levar no seu avental de seda, gêneros alimentícios para aliviar a fome dos cristãos cativos, ela foi surpreendida pelo pai, e os alimentos que levava, se transformaram em rosas do mais fino perfume. A verdade é que Cacilda se afeiçoava cada dia mais aos cristãos e, por intermédio deles, soube da existência de uma fonte em terras castelhanas cujas águas operavam milagres. O desejo de curar-se de uma doença que sofria e a simpatia que sentia pelos cristãos, fizeram com que ela insistisse com o pai, até conseguir autorização para realizar essa longa peregrinação. O pai lhe deu acompanhamento real e cartas de recomendação para o rei de Castela, Fernando I, que recebeu a princesa moura com honras reais. Cacilda banhou-se nas águas do Poço de São Vicente, localizado na cidade de Burgos e obteve não apenas a cura do corpo, mas a cura definitiva da alma. Recebeu o batismo, fez-se cristã e no local construiu uma ermida, a fim de aí passar o resto da vida em penitência e oração. Esse pequeno santuário foi posteriormente convertido num espaçoso templo onde se encontram seus restos mortais. Santa Cacilda é a padroeira da cidade de Burgos, na Espanha.

No mundo de hoje onde o fausto e as honrarias são buscados com sofreguidão incontrolável, Santa Cacilda, a jovem que cedo compreendeu a fugacidade dos valores terrenos, a princesa moura que teve a coragem de mudar radicalmente de vida, trocando a opulência pela pobreza, o barulho dos palácios pela tranqüilidade e paz de uma ermida, nos traz preciosas lições: o caminho que nos leva ao encontro de Deus passa necessariamente pelo caminho que nos leva ao encontro do irmão, principalmente do irmão que está encarcerado, passa fome, geme e sofre nos subterrâneos frios e injustos dessa grande masmorra na qual se tornou o mundo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Maio de 2019
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)