Cassilândia, Domingo, 26 de Março de 2017

Últimas Notícias

06/07/2006 15:33

Sanidade - Ministério libera R$ 5,3 milhões para MS

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) depositou R$ 5,3 milhões, na última sexta-feira, nos cofres da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro/MS) e da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário (SDA) como forma de garantir que a crise no orçamento, enfrentada pelo Governo de Mato Grosso do Sul, não interrompa as ações dos dois órgãos.

De acordo com o superintendente federal de Agricultura, José Felício, a Iagro recebeu R$ 3,5 milhões, previstos em convênio firmado com o ministério, para garantir os custos administrativos e a continuidade das ações de sanidade animal e vegetal no Estado. O órgão deve utilizar a verba para manter em dia o pagamento dos técnicos, bem como reforçar as ações de vigilância sanitária, que necessitam de recurso para despesas com gasolina, manutenção de veículos e diária dos funcionários. "Esses recursos devem ser utilizados somente para manutenção e não para investimentos", disse Felício.

Segundo ele, o convênio firmado entre Iagro e ministério é fruto de uma articulação do governador José Orcírio Miranda dos Santos e do diretor-presidente da Iagro, João Cavalléro, para manter os recursos necessários à manutenção do órgão, uma vez que o repasse pelo Estado poderia ficar comprometido diante do fraco desempenho da arrecadação estadual em decorrência da crise do agronegócio. O orçamento da Iagro no ano é de aproximadamente R$ 36 milhões, sendo que R$ 12 milhões são adquiridos pela atuação do órgão e os demais R$ 24 milhões devem ser repassados pelo Estado, o qual, em crise, formulou e firmou o convênio com o ministério para manter as atividades da Iagro.

Felício ressaltou ainda que os demais R$ 1,8 milhão, depositados na sexta-feira, foram alocados ao cofre da SDA para que a secretaria cumpra com a assistência aos pequenos produtores, em sua maioria ligados à atividade leiteira na região dos municípios onde foram confirmados focos de aftosa no sul do Estado, que desde o registro dos focos sofrem restrições para comercialização dos produtos.

O superintendente disse que, sem os recursos, a continuação das ações de vigilância da Iagro poderia ficar comprometida. "Os problemas de febre aftosa no ano passado propiciaram que Mato Grosso do Sul fosse contemplado com o maior volume de recursos entre os Estados", disse Felício. Ele lembrou ainda que o convênio prevê o repasse total de R$ 7,1 milhões à Iagro, sendo que a outra parcela dos recursos deve ser repassada ao órgão em setembro.


Autor: Imprensa - Correio do Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
10:00
Receita do dia
06:20
Loterias
06:18
Loterias
Sexta, 24 de Março de 2017
23:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)