Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/11/2004 16:00

Sangue umbilical pode curar leucemia também em adultos

Dourados News


O sangue do cordão umbilical, utilizado até agora para tratar com êxito leucemia em crianças, pode salvar a vida de cerca de 16 mil adultos por ano.

Rico em células-tronco, este tipo de sangue pode substituir enxertos de medula óssea em adultos que não conseguem encontrar doadores compatíveis, segundo trabalhos de duas equipes de pesquisadores, uma norte-americana e outra européia, divulgados pelo "New England Journal of Medicine".

No estudo europeu, que avaliou 682 doentes, pacientes que receberam sangue umbilical tinham praticamente o mesmo potencial de cura que os do grupo que recebeu enxertos de medula óssea, dois anos depois do tratamento. O estudo norte-americano avaliou 601 pacientes, durou três anos e teve resultados igualmente prometedores.

Os portadores de leucemia são tratados por quimioterapia ou radiações para destruir as células cancerosas, o que enfraquece o seu sistema imunológico, que os médicos reconstituem com transfusões de sangue provenientes do cordão umbilical ou com enxertos de medula óssea.

Os dois estudos basearam-se em transfusões e enxertos realizados entre o final dos anos 1990 e o início dos anos 2000.

As células-tronco contidas na medula e no sangue umbilical desenvolvem-se para se converter em glóbulos vermelhos e brancos, que formam o sistema imunológico.

Uma das grandes vantagens das células-tronco com origem no sangue umbilical é que elas têm menos tendência para atacar as células do corpo de quem as recebe, explicam os pesquisadores.

Até agora, o sangue umbilical só era usado para tratar crianças com leucemia porque cada doação contém apenas um décimo das células-tronco obtidas na doação de medula óssea adulta.

O volume de sangue extraído dos cordões umbilicais e da placenta no momento do nascimento terá de quadruplicar para responder à procura dos adultos com leucemia.

A aposta dos pesquisadores para resolver o impasse é lançar mão do sangue umbilical proveniente dos 4 milhões de nascimentos registrados por ano nos Estados Unidos, material muitas vezes jogado fora.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)