Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/05/2013 14:45

Saltos, secadores e cães são vilões entre vizinhos, diz advogado

Folha/UOL

A mulher que chega de salto alto à noite, o secador de cabelo ligado logo cedo, os latidos na madrugada. Para Márcio Rachkorsky, advogado especialista em condomínios, esses são os barulhos que mais irritam o morador de condomínio.

Uma briga entre vizinhos terminou na morte de três pessoas no final da noite de quinta-feira (23), em Santana de Parnaíba, na Grande SP. O estopim do problema teria sido as reclamações por conta de barulho.

As famigeradas festas que duram a noite toda deixaram de ser as campeãs de reclamação e deram lugar aos pequenos barulhos.

A explicação é simples: festas costumam acontecer poucas vezes ao ano enquanto que os pequenos barulhos são diários.

"As paredes dos prédios novos são muito finas e facilitam esse tipo de problema. Dá para ouvir o seu vizinho tossir, dar descarga."

Uma pesquisa realizada no segundo semestre do ano passado pela administradora condominial Lello aponta que 40% das multas aplicadas contra moradores de condomínios são motivadas por reclamações de barulho. Mais de mil condomínios participaram da pesquisa.

Os barulhos relativamente baixos, porém constantes, são difíceis de apurar. Por isso, Rachkorsky sugere que o problema seja resolvido usando o bom senso.

Não foi o que uma moradora da Aclimação, zona sul de São Paulo, preferiu fazer.

Segundo Cristiano de Souza, advogado e também síndico do prédio, a mulher se incomodava com o barulho causado por crianças e adolescentes --que sem outro espaço para se divertir, reuniam-se no salão de festas à noite-- e recorreu à Justiça pedindo indenização por danos morais.

"Ainda bem que o juiz teve bom senso e propôs que as crianças brincassem no salão de festas até as 22h30", afirmou Souza.

Afonso Prazeres, síndico do edifício Copan há 20 anos, estabeleceu um esquema de rondas periódicas "para saber como estão as coisas e se existe barulho".

Administrador de 1.160 apartamentos, Prazeres diz que quando há reclamação procura conversar com ambas as partes e, em última instância, aplicar multas.

Saltos, secadores e cães são vilões entre vizinhos, diz advogado
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)