Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/02/2004 16:05

Saltadores vão em busca de vaga olímpica

Agência Brasil

O salto ornamental é o esporte radical das modalidades olímpicas aquáticas. É preciso coragem para saltar de 10 metros de altura sem apoio algum. E os saltadores brasileiros Juliana Veloso, Cassius Duran, Ubirajara Barbosa e César Castro partem, nesta sexta-feira (13), para disputar a competição que valerá como Pré-Olímpico: a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, de 18 a 22 deste mês, em Atenas, na mesma piscina onde acontecerão as disputas dos Jogos.

A competição olímpica de saltos tem duas provas: plataforma e trampolim de 3 metros. Cada uma delas pode ter 34 atletas, com no máximo dois por prova, por sexo e país. No Mundial de Barcelona, em julho de 2003, os 12 primeiros já foram classificados, ou seja, restam 22 vagas. A vaga a ser preenchida no Pré-Olímpico é do país e não do atleta, logo, o atleta que obtém a vaga pode não ser o mesmo que estará nas Olimpíadas.

Para carimbar definitivamente seu passaporte, cada atleta deve alcançar a pontuação estabelecida pela Federação Internacional de Natação (Fina) até 15 de julho deste ano, nas seguintes competições: 10º Campeonato Mundial de Barcelona (Jul 2003), 14ª Copa do Mundo 2004 (Fev 2004), Grand Prix Fina 2003 (etapas e Super Final) e Grand Prix Fina 2004 (etapas e Super Final).

Os quatro brasileiros que competirão no Pré-Olímpico de Atenas já conseguiram a pontuação necessária, mas só estarão nas Olimpíadas se conseguirem a vaga para o país, estando entre os 22 primeiros colocados.

"Estamos muito seguros quanto à classificação. Cassius, César e Juliana por muito pouco não conseguiram a vaga em Atenas já no Mundial de Barcelona. Todos estão treinando muito bem", disse Roberto Gonaçalves, técnico do time brasileiro junto com o cubano Francisco Ferrer.

Juliana Veloso saltará a plataforma e o trampolim. Ela foi medalha nos dois aparelhos nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo com prata e bronze. Cassius saltará a prova que lhe deu a prata na República Dominicana: a plataforma. César Castro, duas vezes quarto do mundo no Grand Prix da Fina (2002 e 2003) disputa a sua especialidade, o trampolim de 3 metros. Ubirajara Barbosa, vice-campeão mundial júnior no trampolim de 3 metros sincronizado, saltará a plataforma.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)