Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/08/2004 09:04

Saiu a relação dos selecionados para o Crédito Solidário

Agência Brasil

O resultado da primeira chamada nacional de propostas para o Programa Crédito Solidário do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) está disponível hoje no endereço eletrônico www.cidades.gov.br, do Ministério das Cidades. A Secretaria Nacional de Habitação estabeleceu prazo de 10 dias para a entrada de recursos, a partir da publicação no Diário Oficial da União, prevista para hoje.

Dos 2.759 inscritos, foram selecionadas previamente 684 propostas que beneficiarão 41 mil famílias em todo o país. São R$ 500 milhões destinados ao programa, dos quais cerca de R$ 350 milhões diretamente para a construção das casas e R$ 150 milhões para a constituição dos subsídios e fundo de aval, possibilitando o juro zero.

A pré-seleção foi realizada de acordo com os critérios estabelecidos na instrução normativa número 11 da Secretaria Nacional de Habitação, publicada em 14 de maio de 2004. Apenas três estados da Região Norte do país não apresentaram demandas.

A partir de agora, as entidades pré-selecionadas recebem carta de seleção para comparecer ao agente financeiro e apresentar o projeto e documentação para análise, sem a garantia de aprovação automática. A aprovação depende da viabilidade técnica do projeto que será examinado pelo agente financeiro.

Cooperativas

O Crédito Solidário é o primeiro programa habitacional com juro zero do Governo Federal. O Ministério das Cidades é o gestor e a Caixa Econômica Federal, o principal agente financeiro do programa, que é dirigido a cooperativas e associações habitacionais.

Cada família tem acesso a, no máximo, R$ 20 mil. O pagamento do empréstimo pode ser realizado em até 240 meses. Podem se habilitar famílias com renda de até três salários mínimos. Para os moradores das regiões metropolitanas o limite fica em até cinco salários.

A partir deste financiamento, as pessoas organizadas em associações ou cooperativas habitacionais podem encaminhar a compra de terreno, construção de casas, aquisição de material de construção, reforma de prédios antigos ou a regularização fundiária do local de moradia.

Com informações do Ministério das Cidades

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)