Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/05/2014 18:40

Saiba porque as pessoas morrem de infarto; foi a causa da morte do bispo

Redação

O Cassilândianews recebeu do padre Antonio Maurilio matéria do Jornal do Povo sobre o infarto que ceifou a vida do bispo diocesano Dom José Moreira. A entrevista foi feita com o médico cardiologista Vitor Hugo Cavallini, de Três Lagoas. Leia e entenda ao final o motivo do encaminhamento da matéria de autoria do Jornal do Povo.

 

 

O infarto está entre as dez principais doenças que mais matam no mundo, se-gundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Recentemente o país se comoveu com a morte do narrador esportivo, Luciano do Valle, assim como do ator global, José Wilker, vítimas de infartos.
Essa, no entanto, é uma doença que tem feito muitas vítimas, inclusive, no último sábado; Três Lagoas perdeu dom José Moreira, bispo da Diocese de Três Lagoas, cuja causa da morte foi um infarto fulminante, e esses são apenas alguns casos, para exemplificar, como a doença tem matado muitas pessoas. Na entrevista especial da semana, o Jornal do Povo conversa com o médico cardio-logista, Vitor Hugo Cavallini, que aborda um pouco mais sobre essa patologia.

Jornal do Povo- O porquê tantas pessoas tem infartado?
Vitor Hugo Cavallini- Esse é um problema que tem afetado não só a população três-lagoense, o brasileiro, mas pessoas de todo o mundo, que é o infarto do mi-ocárdio. Tivemos alguns casos nos últimos 15 dias em Três Lagoas que não dei-xaram boas lembranças. O problema do infarto agudo do miocárdio é que ele está sendo muito silencioso ultimamente. É uma doença muito silenciosa e grave, é por isso quesempre orientamos nas consultas rotineiras para evitar e prevenir o máximo possível que a doença aconteça.Quando o paciente apresenta o quadro de infarto agudo do miocárdio o tratamento tem que ser imediato, muito rápido para evitar ao máximo deixar alguma sequela no paciente.

JP- O infarto é causado por qual motivo e tem como prevenir,então?
Vitor Hugo- O infarto é um entupimento total da artéria do coração e, quando obstruiu 100% não passa fluxo sanguíneo que vai para o músculo do coração. E tem como prevenir sim. As consultas rotineiras com cardiologistas são fundamen-tais e são mais do que obrigatórias. As pessoas precisam se prevenir, tomar cui-dado com os fatores de risco, que é a hipertensão, os diabetes, colesterol alto, sempre praticar atividade física e evitar o estresse emocional que, é uma das principais causas do infarto. Então, temos que evitar ao máximo esses fatores de risco para que não desenvolvermos essa patologia.

JP - Essa doença tem sido comum, inclusive em jovens?

Vitor Hugo- O infarto está nos preocupando muito, porque está vindo muito pre-coce, em pacientes jovens. E, em pacientes jovens, o infarto é bem pior do que em pessoas idosos, que já tem algumas artérias calcificadas, então, o nosso próprio organismo já ajuda o idoso, por que ele já faz uma neovascularização. Ou seja, nas veias do coração que estão com entupimento,o organismo vai fazendo novas artérias, pequenas, alguns ramos que vai fazer com que mande circulação para o coração. Portanto, quando esse paciente tem um infarto, essas novas vascularizações diminuem o impacto no músculo do coração. Já o paciente novo, por não ter tanta calcificação nas artérias, não tem os novos vasos pequenos. Então, quando o infarto chega, obstrui tudo e apresenta sem fluxo algum para o músculo do coração.

JP- Alguns médicos dizem que, invariavelmente o paciente sente alguns sin-tomas, dores, dormência no braço, isso é verdade, e o paciente pode tomar alguma medida para prevenir?

Vitor Hugo- A dor no peito é a mais clássica, mas eu discordo em alguns pontos de que o paciente sempre terá essa dor. A dor clássica no peito, como se fosse um aperto, um peso em cima do peito, pode estar irradiando para um, ou os dois braços, assim como para as costas, o pescoço, para nossa mandíbula, também apresenta uma dor no estômago, que nem sempre é gastrite, ou uma úlcera, mas pode ser um infarto. O que temos na literatura é o que chamamos de equivalente anginoso, que é um paciente que está passando por um processo de angina, ou um infarto, só que ele não tem a dor no peito, apresenta outros sintomas, como pode ter um desmaio, uma falta de ar, tonturas, então, a dor precordial, a dor no peito é a clássica, só que nem sempre ele poderá apresentar esse sintoma. O paciente pode sentir uma dor na boca do estomago, na mandíbula, ou na costa.

JP- Por isso que é importante as pessoas ao sentirem qualquer dorzinha, procurar o médico né?

Vitor Hugo- Sim, é o que eu sempre falo no consultório para os pacientes e colegas: Eu prefiro errar por excesso do que por falta. Então, é melhor procurar um médico para ele te avaliar e não ser nada, do que deixar de procurar e ser alguma coisa. Acho que as pessoas precisam ficar atentas, principalmente os pacientes que apresentam fatores de risco, os que fumam os que são diabéticos, hipertensos, sedentários, obesos... Esses pacientes tem que ficarem com uma pulguinha atrás da orelha mesmo.

JP- Em crianças, principalmente nas mais obesas, pode dar infarto?
Vitor Hugo- Em criança, é muito difícil de acontecer o infarto. Mas, nem por isso as crianças tem que comer de tudo, porque o nosso organismo, o nosso metabolismo futuro, vai depender muito de como é na nossa infância. Então, se é uma criança que não faz atividade física, que come de tudo e que só ganha peso, a probabilidade dessa criança desenvolver uma doença cardiovascular na fase adulta, é alta.

JP - O uso de medicamentos para disfunção erétil pode fazer mal para coração?
Vitor Hugo- Todas as medicações que são utilizadas para disfunção erétil, nós contraindicamos para pacientes que são portadores de síndrome coronariana aguda. Principalmente, no primeiro ano desse infarto, nós contraindicamos essas medicações porque esses remédios “roubam” o fluxo da coronária. Por exemplo, se é um paciente que tem uma ponte de safena... e devido a essa medicação faz uma vasodilatação corporal muito grande e rouba o fluxo coronariano, pode ter complicação nessa artéria culpada. Por isso que nós sempre contraindicamos es-sas medicações para esses pacientes.

JP- Alimentos gordurosos, como o churrasco influencia nas doenças do coração?

Vitor Hugo- Influencia bastante. Não que a pessoa não possa comer tudo, mas é que tudo tem o seu limite. A carne vermelha é muito importante no nosso organismo, tem proteína, carboidrato, mas não pode ser consumida em excesso. A carne vermelha tem um componente de gordura muito grande, por isso é importante consumir mais a carne branca.

JP- Quais são as chances de sobrevivência de uma pessoa que está enfartando?

Vitor Hugo- O Infarto nos centros capacitados com diagnostico, com diferenciais importantes, como um centro de hemodinâmica, onde se desenvolve o cateterismo cardíaco e angioplastia, o paciente sendo tratado precocemente, o mais rápido o possível, o índice de sucesso dele é muito grande. O infarto, para nós cardiologista que estamos em contato direto com a urgência e emergência, e tem centro de hemodinâmica, estamos conseguindo lidar muito bem com essa patologia, que não deixa de ser de alto risco de óbito.
Dependendo da pessoa, o infarto pode estar desenvolvendo há algum tempo e a pessoa não procurou um médico, não viu , vai deixando uma alteração no coração muito grande e, quando tem o infarto a repercussão é muito grande. Foi, infelizmente o que aconteceu com o nosso bispo. Ele foi atendido rápido, levamos- o para a sala de hemodinâmica, foi feito cateterismo, angioplastia, com sucesso, conseguimos abrir a artéria dele, ficou ótimo, só que o músculo do coração dele já estava muito fraco, devido a alguma alteração anterior, pois já estava em pro-cesso de degeneração e, junto com o infarto, infelizmente ele não resistiu.

JP- Existe diferença do infarto para o infarto agudo do miocárdio, ou infarto é infarto?

Vitor Hugo- Isso, infarto é infarto. O infarto é quando a obstrução total , 100% da artéria coronária, então não passa fluxo de sangue nenhum . Agora, dentro das síndromes coronarianas, temos o infarto e as anginas, que é quando temos uma obstrução importante nas coronárias, só que passa um fluxo sanguíneo ainda pequeno, que pode ser até 20%, ainda não entupiu 100%.

JP- Sopro no coração pode causar infarto?

Vitor Hugo- O sopro não leva a um infarto, mas o infarto pode desenvolver um sopro. Por isso, na avaliação inicial, no pronto socorro, sempre fazemos ausculta do coração, porque um infarto extenso, muito grande, pode fazer um rompimento de uma de nossas válvulas do coração, que é muito grave, um prognostico muito ruim para o paciente. Por isso, temos que atender esse paciente o mais rápido o possível e, provavelmente encaminha-lo para um serviço de cirurgia cardíaca.

JP- Assim como nos casos de derrame, a pessoa também pode ficar com sequelas?

Vitor Hugo- Pode, não com sequelas neurológicas, mas com sequelas cardiológicas. O infarto, como disse, pode dar um déficit no músculo do coração muito grande. Então, o paciente pode desenvolver uma essência cardíaca, alguma outra patologia estrutural no músculo do coração.

JP- Quando o coração acelera sozinho, pode ser começo de infarto?

Vitor Hugo - Nem sempre essas palpitações, essa arritmia cardíaca, pode ser co-meço de infarto. Mas, em alguns casos, o infarto pode desenvolver uma arritmia cardíaca, que é um sinal. Mas não é só o aceleramento do coração, é preciso estar acompanhado de outra coisa, como suor frio, queda na pressão, uma dor no peito, são alguns sinais que, associados ao quadro da palpitação, pode ser um indicativo de infarto.

Comentário do padre Antonio Maurilio:  Esta entrevista foi repassada a mim, Pe.Maurílio, via E-mail, por Lúcia(irmã de Dom Moreira). Nossa intenção é ajudar na prevenção terrível doença. Publicada no Jornal do Povo de Três Lagoas.

Pe.Antônio Maurílio de Freitas, pertence á diocese de Caratinga MG. A convite de Dom Moreira chegou na diocese de Três Lagoas no dia 02 de janeiro de 2013, dia 13 foi empossado pelo próprio bispo(Dom Moreira), como pároco da Paróquia São José, Cassilândia, MS. O contrato entre os bispos de Caratinga e Três Lagoas para a estadia do padre na diocese são de três anos para esta experiência missionária. Com o falecimento de Dom Moreira, diocese de Três Lagoas está vacante, nos resta rezar para que seja nomeado outro bispo o mais rápido possível para a diocese. Os trabalhos não param. Pe.Altair Ferreira, Administrador Diocesano, após ter sido eleito pelo colégio de Consultores, pediu aos padres eleitores que permaneçam em seus atuais cargos a serviço da diocese.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)