Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/10/2004 06:32

Saiba onde vai ter campanha contra febre aftosa

Mapa Imprensa

Começa no dia 1º de novembro em 15 unidades da federação a última etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa do ano, envolvendo mais de 118 milhões de animais, o que representa aproximadamente 62% do rebanho nacional, de 191,2 milhões. Até o dia 30 de novembro, deverão imunizar seus rebanhos os criadores dos estados do Acre, Amapá, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, parte centro-oeste de Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal.

No caso de Minas Gerais, a segunda etapa a vacinação atingirá apenas o rebanho com idade abaixo de 24 meses localizado no Circuito Pecuário Centro-Oeste (cerca de 5 milhões de cabeças). O estado do Amazonas também integra o calendário de novembro, mas antecipou a campanha para outubro e a imunização estende-se por dois meses. A medida se justifica devido a extensão territorial do estado e dificuldade de acesso a localidades mais distantes.

Em alguns estados, como Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que possuem os maiores rebanhos do país, com 24,6 milhões e 24,9 milhões de cabeças, respectivamente, a campanha de vacinação tem três etapas. Na primeira etapa, em fevereiro, a vacinação nestes estados atingiu animais com idade abaixo de 12 meses. Em maio, na segunda etapa, foram vacinados animais com idade abaixo de 24 meses.

No Mato Grosso, nesta última etapa, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea) informa que serão disponibilizadas 29 milhões de doses da vacina e 750 técnicos do órgão estão envolvidos na campanha. Neste período, os pecuaristas deverão adquirir e aplicar as vacinas.

Atualmente, segundo a Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, 84% do rebanho brasileiro têm reconhecimento internacional como área livre de febre aftosa com vacinação. Graças a essa condição, o país está ampliando mercados para as exportações do setor. No ano passado, as vendas externas de carne bovina somaram cerca de US$ 1,5 bilhão.

Prioridade - O ministro Roberto Rodrigues destaca que para erradicar a febre aftosa no território nacional devem ser adotadas três medidas: fortalecer os serviços de atenção veterinária, um envolvimento mais profundo do setor privado nos programas de erradicação da doença e atuação integrada do Brasil e seus vizinhos sul-americanos. Ele considera a erradicação da aftosa no país como uma das prioridades de sua gestão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)