Cassilândia, Domingo, 23 de Setembro de 2018

Últimas Notícias

20/02/2018 18:00

Saiba o motivo para não fazer teste que mostra sua aparência como gênero oposto

Site investigou a política de privacidade do aplicativo para saber se é realmente uma boa ideia participar da brincadeira

Campo Grande News

Aplicativos para testes de Facebok fazem sucesso entre os usuários. Eles despertam a curiosidade. O mais recente é do site Kueez, que converte os resotos para o gênero oposto usando a tecnologia do FaceApp. O sistema puxa sua foto de perfil do Facebook e com o treinamento de uma inteligência artificial identifica fatores marcantes do seu rosto, misturando com características do gênero oposto para criar um novo rosto, mas similar ao do usuário.

O resultado impressiona. O site Olhar Digital analisou a política de privacidade do Kueez, operado por uma empresa identificada como Yoto Media Group. Segundo o Olhar Digital, há pontos suspeitos que se apresentados de forma mais clara, poderiam desencorajar o compartilhamento de informações.

Entre os artigos considerados suspeitos, segundo o Olhar Digital, estão: “Nós podemos compartilhar informações agregadas dos nossos usuários, após excluir as partes identificáveis, com determinadas empresas que tiverem o interesse em oferecer a você certos conteúdos promocionais que possamos achar relevantes para você”; “Nós podemos compartilhar suas informações pessoais parcial ou integralmente com nossas subsidiárias, outros sites operados por nós, joint ventures e outros afiliados confiáveis que nós temos ou possamos vir a ter no futuro”; “De acordo com o nosso Termo de Serviços, podemos usar o conteúdo enviado por você (incluindo suas fotos e de outras pessoas vinculadas à sua conta no Facebook) para aparecer como parte integral de partes dos serviços que oferecemos (por exemplo, sua foto pode aparecer em alguns quizzes ou games até mesmo para pessoas que você não conheça)”.

O documento informa que a empresa pode compartilhar informações com outras empresas para fins comerciais. Conforme o Olhar Digital, a Yoto afirma que pode usar foto em outros jogos no futuro, sem pedir sua permissão, exibindo-a inclusive para pessoas que você não conhece.

O teste também pede uma série de permissões à sua conta no Facebook. Se o usuário não editar a configuração, o aplicativo ganha acesso a seu nome, foto de perfil, idade e data de nascimento, endereço de email, todas as suas fotos (as que você carregou e as que você está marcado), e o envio de notificações pelo Facebook para você. O usuário pode minimizar a situação acessando as configuração de aplicativos, onde é possível remover todas as permissões concedidas ao aplicativo.

O Olhar Digital informou que o Kueez não guarda informações pessoais de quem faz os testes. “O Kueez não armazena nenhuma informação pessoal sobre o usuário. O que nós guardamos é ID de usuário, email, nome e resultado da foto para oferecer uma experiência melhor de usuário (como recomendações), o que é padrão. O propósito do Kueez é gerar resultado personalizado, e, portanto, precisamos de acesso a alguns dados que são fornecidos por meio do plugin do Facebook e totalmente de acordo com as políticas do Facebook. É importante notar que as permissões que pedimos são baseadas no próprio quiz. Por exemplo, nós precisamos de sua foto pessoal para modificá-la e apresentar uma versão sua com o gênero oposto. Se o quis é sobre signos do zodíaco, nós pediremos pela sua data de nascimento. A informação é apenas voltada para uma melhor experiência de usuário – todas as informações são usadas para a criação do resultado e nós não as armazenamos”, respondeu a empresa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Sábado, 22 de Setembro de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 21 de Setembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Quinta, 20 de Setembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)