Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

01/04/2005 15:54

Saiba como o Vaticano comprova morte de um Papa

Dourados News

O Vaticano tem um procedimento claramente estabelecido para verificar a morte de um Papa. A seguir está o que foi especificado pela lei do Vaticano, segundo o reverendo Thomas Reese, editor-chefe de America, uma revista semanal católica, e autor de Inside the Vatican: The Politics and Organisation of the Catholic Church (Dentro do Vaticano: A política e organização da Igreja Católica).

Quando o Papa morre, o chefe do departamento da unidade papal, atualmente o bispo James Harvey, informa o camerlengo (cardeal que governa interinamente a Igreja entre a morte de um Papa e a nomeação do seguinte), que atualmente é o cardeal Eduardo Martinez Somalo, que deve verificar a morte do pontífice.

Ele deve fazer isso na presença do mestre de cerimônias papal, o arcebispo Piero Marini, do prelado e do secretário da Câmara Apostólica. O secretário da Câmara Apostólica redige então uma certidão de óbito.

O camerlengo depois anuncia a morte do Papa ao vigário de Roma, o cardeal Camillo Ruini, que informa o povo romano sobre o ocorrido. Embora esse seja o procedimento oficial, a maioria das pessoas vai saber da morte do Papa pela mídia.

Até 1903, na morte do papa Leão 13, a morte do governante da Igreja era verificada batendo-se com um martelo de prata na fronte do pontífice. Esse procedimento também pode ter sido usado em João 23, que morreu em 1963, segundo o site da America.

Uma vez constatada oficialmente a morte do pontífice pelo religioso que exerce a função de camerlingo e anunciada a notícia ao povo romano pelo vigário de Roma, os cardeais devem fixar a data, horário e as modalidades do transporte do corpo do Papa falecido à basílica do Vaticano para ser exposto"à homenagem dos fiéis".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)