Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/11/2004 13:24

Rússia mantém embargo à carne brasileira

Famasul Notícias

Fracassou ontem a tentativa do governo brasileiro de retomar as exportações de carne para a Rússia, suspensas desde setembro. "Ainda não deu", lamentou o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, após participar de um almoço que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ofereceu ao presidente russo, Vladimir Putin, em visita oficial ao País. Por outro lado, o Brasil não disse nem sim nem não à pressão que Putin fez em favor dos caças Sukhoi, que concorrem na licitação internacional promovida pela Força Aérea Brasileira.

Sem desfecho para os dois temas principais da agenda bilateral dos presidentes, a visita de Putin se concentrou em acordos na área tecnológica e na visita a pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Ainda assim, Putin obteve apoio brasileiro a seu ingresso na Organização Mundial do Comércio (OMC), uma das principais pretensões russas. "O ingresso da Rússia na OMC, que conta com o pleno endosso do Brasil, também nos ajudará a forjar um sistema internacional de comércio mais equitativo, menos assimétrico, que seja uma verdadeira alavanca para o desenvolvimento", disse Lula.

Carne

Segundo Rodrigues, os russos ainda não suspenderam o embargo à carne brasileira porque os técnicos que estão verificando as condições de produção no País não acabaram seu trabalho. Eles deverão visitar o Rio de Janeiro e o Amazonas, onde surgiu o foco que provocou a suspensão das exportações. O ministro acredita que terá uma resposta na próxima semana.

Na conversa de mais de uma hora entre os dois presidentes, Lula levou Putin da sala de reunião para o seu gabinete, para lhe mostrar um mapa do Brasil, apontando para o Norte: "aqui foi onde ocorreram os casos de aftosa". E para o Sul: "daqui sai a carne exportada para a Rússia".

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, afirmou que o governo, de fato, não esperava um desfecho para ontem. "Isso não é uma rodada de negócios. É um encontro político em que também se fazem negócios", disse.



Autor:
O Estado de S.Paulo (por Lu Aiko Otta), adaptado por Equipe BeefPoint

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)